Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas do leitor

19 de Setembro, 2014
O grupo tem procurado fazer o máximo para que as jornadas em falta para o término da prova, sejam melhores que as anteriores. Acredito que nas jornadas em falta vamos dar o nosso máximo para ultrapassar esta fase.
MANO - jogador do Progresso do Sambizanga

A grande máxima da nossa equipa é a subida de divisão. Nada mais. Queremos e tudo vamos fazer para ascender ao Girabola. Essa é a nossa meta. O adversário que estava nas nossas costas é o Polivalentes FC e estamos agora com cinco pontos de avanço, por esta razão, acredito que podemos muito bem, pensar na subida.
PAULO SARAIVA - treinador do Domant FC

Sabemos que não vai se fácil alcançar a liderança, mas como o grupo é muito forte e o objectivo é ser campeão, queremos continuar a acreditar até ao final. Depositámos total confiança no nosso trabalho, dedicação e humildade acima de tudo, porque é muita a qualidade que este plantel tem.
ELÍSIO - central do Kabuscorp do Palanca

A ideia de um boicote ao Mundial2018, na Rússia, nunca pode ter o apoio da família de treinadores de futebol. Tentamos unir as pessoas e não separá-las. Somos atletas, não fazemos política. Vamos apoiar todos os que jogam futebol. A Rússia tem o desejo e a possibilidade de organizar um Mundial de grande nível.
VICENTE DEL BOSQUE- seleccionador de futebol da Espanha

A PERGUNTA DO DIA
O futebol no Bengo pode ter uma outra expressão maior no panorama futebolística nacional, se confirmar-se o apuramento do Dumant FC para o Girabola´2015?


Acho que sim, porque o Girabola é uma montra e o Bengo é a província mais próxima da capital do país, com possibilidades de intercâmbio com as equipas luandenses. Estou convicto que o Dumant FC de Bula Atumba dará muitas honras e glorias à população do Bengo se subir de divisão. António Himi, estudante

Apesar de se tratar de uma equipa sem experiencia naquilo que é o futebol da primeira divisão, acho que a formação dirigida pelo técnico Paulo Saraiva tem muitos desafios pela frente, como é o caso de constar nos dez primeiros até ao fim da época, caso se confirma a sua ascensão. Jackson Sebastião, estudante

Como cidadão angolano, sinto-me feliz por saber que mais uma província, neste caso o Bengo, tal como foi na época passada com o FC Porcelana do Cazengo, pode enriquecer o arquivo futebolístico da federação Angolana de Futebol. Com isto, bem haja a massificação do futebol nacional. Danilson António, universitário


AVALIAÇÃO JD


CARLOS QUEIRÓS
Treinador de futebol=Positivo

O técnico Carlos Queirós é incansável na luta por mudanças nos escalões de formação que levem à melhoria da qualidade dos nossos jovens jogadores e para que possam surgir novos talentos. O treinador defende que todos os clubes devem investir nesses escalões e não apenas alguns como o 1º de Agosto e o Petro de Luanda.

ANTÓNIO CAXALA
Árbitro de futebol=Negativo

António Caxala, árbitro que exibe as insígnias da FIFA, fica até ao final da presente temporada sem apitar jogos oficiais. O juiz de futebol foi suspenso pelo órgão competente da FAF após a pálida arbitragem no jogo entre o 1º de Agosto e o Kabuscorp para a Taça de Angola.

Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »