Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas do leitor

21 de Outubro, 2014
"Acredito que o patrocinador e o presidente estão a estudar a melhor forma de actuar no Girabola, que como se sabe é uma competição muito difícil, onde repontam equipas experientes. (...) Devemos ter muita ponderação."
Kito Ribeiro - técnico da equipa do Progresso da Lunda Sul

"As duas derrotas seguidas (com União do Uíge e o Benfica de Luanda ) vão complicar os objectivos da equipa de estar nos compromissos africanos, mas vamos continuar a trabalhar para ver se não perdemos mais pontos nas três jornadas que faltam."
Filipe Nzanza - treinador-adjunto do 1º de Agosto.

"A ideia com que fico dos últimos anos, é que na verdade houve um equilíbrio aparente entre as equipas. Mas não houve evolução técnica dos jogadores, porque estes atletas que jogam na sexta, sétima, oitava, nona e décima equipas, não têm demonstrado a evolução técnica e táctica (...)."
Raul Duarte - treinador de basquetebol.

"Havia muitas possibilidades de que não voltasse a ganhar nunca aqui. Era uma lástima, porque é uma das minhas pistas favoritas. Fiz corridas muito boas, mas desde 2005 faltava a vitória e era mais por uma questão técnica."
Valentino Rossi- piloto italiano da MotoGP.

PERGUNTA DO DIA
Que postura Angola deve adoptar para contrariar o Gabão na corrida para o CAN do próximo ano?


Após o empate em Maseru, em desafio pontuável para a terceira jornada diante do Lesoto, os Palancas Negras souberam inverter o quadro com vitória em Luanda por 4-0, com o mesmo adversário no 11 de Novembro. Portanto, é com este espírito vitorioso que esperamos voltar ao estádio da Camama para receber o Gabão. Claudino Macunde, gerente de vendas.

A equipa nacional tem todas as condições criadas para continuar na senda de vitórias.
O moral da equipa está alto e só a jogar ao ataque é que podemos vencer os gaboneses para continuarmos a sonhar com o CAN. Os golos marcados podem desempenhar um papel preponderante. Pai Traking, kudurista.

Romeu Filemon e o seu elenco sabem que as coisas não estão fáceis para os nossos Palancas Negras. Ainda assim, vamos acreditar até ao fim e temos de privilegiar o jogo ofensivo contra o Gabão, sem descurar a defesa, para chegarmos como vencedores ao fim da partida. Se possível com muitos golos. César Trinta, gestor de negócios.


AVALIAÇÃO JD

MILLER GOMES
Treinador do Libolo - Positivo

Miller Gomes voltou a não deixar os seus créditos em mãos alheias. Apesar da pressão que a sua equipa enfrentava antes da deslocação a Benguela, o treinador sempre demonstrou confiança e crença em manter o conforto na liderança do Girabola. A vitória diante do Maio e desmoralizou o concorrente directo.

JORGE NITO
Técnico do B. do Lubango -Negativo

O Benfica do Lubango não soube tirar proveito do facto de ter jogado em casa (na província) para conseguir, no mínimo, um ponto. Jorge Nito e pupilos saíram derrotados no dérbi e complicaram ainda mais as hipóteses de permanência na primeira divisão. Só um milagre os salva da iminente despromoção.

Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »