Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas do Leitor

16 de Novembro, 2014
Este tipo de curso é supervisionado pela Associação Brasileira de Treinadores de Futebol e em primeiro lugar, pode ser suportado pela direcção do ASA”
Samy Matias- técnico do ASA

Já vencemos alguns jogos do Girabola com ou sem o Keita e estamos a trabalhar neste momento para ganharmos a final. É um jogador que faz parte da equipa, mas vamos trabalhar com os que estão presentes”..
Grasseli - técnico do Petro de Luanda

Normalmente, quando um seleccionador indica um grupo é porque ele melhor do que ninguém, conhece os jogadores que lhe dão as garantias para o trabalho que pretende. Nós os adeptos acabamos sempre por ter simpatias por certos atletas não convocados”..
Carlos Almeida - ex-capitão do “Cinco” Nacional

O presidente e eu tivemos conversas longas. Quero uma equipa ambiciosa. Gosto de ganhar e depende dos resultados. A equipa está em ascensão. Sei que só ganhamos dois jogos na liga, mas temos bases sobre as quais devemos construir muitas coisas”.
David Moyes- novo técnico da Real Sociedad


PERGUNTA DO DIA
Qual deve ser a medida disciplinar a aplicar ao avançado Ladji Keita do Petro de Luanda, por ausências aos treinos?


Nada acontece por acaso. Para dizer que precisamos, em primeiro lugar, é necessário saber quais os motivos que levaram o avançado senegalês a faltar às sessões de treinos. Só então, a direcção do clube em que presta serviço tem direito a sancionar”.
Levi Jónatas, funcionário público

A direcção da equipa com mais títulos no Girabola, que aliás infelizmente este ano esteve muito aquém, deve punir o seu atleta de acordo com o que consta no contrato. Mais ainda assim, Ladji Keita deve começar por ser suspenso de imediato para averiguações”.
António José, trabalhador por conta própria

Os petrolíferos ao pronunciarem-se perante a imprensa desportiva, relativamente às ausências do atleta aos treinos, leva-nos a entender a preocupação da direcção para com o avançado senegalês. Espero que se cumpra com o que está plasmado na legislação correspondente e no regulamento interno do clube
Frederico Jamba , estudante


AVALIAÇÃO JD

SAMY MATIAS
Técnico do ASA - Positivo -
O excelente trabalho realizado pelo técnico, nos últimos seis meses, quando rendeu Ernesto Castanheira no ASA, não passou despercebido. Assim é que, está a ser cobiçado por cinco equipas do Girabola e três da Segundona. Situação que não é nenhuma surpresa dado o valor do trabalho que apresentou.

ACADÉMICA
Equipa de hóquei - Negativo -
A equipa de hóquei em patins dos estudantes da capital, apesar da força dentro das quatro linhas, a nível administrativo não está nada bem. Campeã nacional em título, foi-lhe atribuída derrota, por má qualificação de um jogador: André Centeno. Falha inadmissível dos seus dirigentes.

Últimas Opinies

  • 15 de Julho, 2019

    O real papel do gestor desportivo

    As funções de um gestor desportivo não são mais do que as funções de um gestor de empresas, adaptadas e ajustadas às particularidades de um clube ou federação desportiva.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Quem explica o desporto angolano?

    O nosso desporto merece um estudo profundo, para se encontrar explicações que justifiquem os resultados que vai tendo.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Cartas dos Leitores

    No nosso grupo (A),  somos a única selecção (Angola) que tem a sua primeira participação  a este nível. Canadá vai para a sua sétima, Nova Zelândia.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Objectivo falhado

    Angola não conseguiu alcançar o objectivo preconizado no Mundial de Hóquei em Patins, que se disputou em Barcelona, Espanha, acabando por se quedar na sexta posição.

    Ler mais »

  • 13 de Julho, 2019

    Cartas dos Leitores

    Vamos entrar para o campeonato em cada jogo para ganhar, nós queremos começar bem, com o pé direito. Como sabem, já temos o calendário.

    Ler mais »

Ver todas »