Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas do Leitor

24 de Março, 2015
“Devo agradecer (sem ferir os que não forem citados), aqueles que se disponibilizaram em apadrinhar a prova, como o Hotel Skina, Ango-Real, Indiama, a Pura, a Total, Sonangol, e muita gente de boa vontade, individual e colectivo, que se juntaram a este esforço para que se consumasse este desejo dos angolanos de estarem presentes nos Jogos Olímpicos”.
GONÇALVES MUANDUMBA, ministro da Juventude e Desportos

“Estou muito feliz, trabalhámos para esta vitória, demos o nosso melhor. Foi difícil alcançá-la, mas conseguimos ser superior diante da Tunísia que também é bastante forte. Dedico esta vitória a Deus e à minha família que sempre me apoiou. A chuva não veio somente para atrapalhar, mas permitiu que repousássemos e ganhássemos ânimo para recomeçar a partida.”
AZENAIDE CARLOS, meia-distância da selecção de andebol

“Apoiarei o Blatter. Ele tem mais experiência. É óbvio, que se precisa de mudanças na vida, mesmo assim, acredito que ele ainda tem a oportunidade de fazer uma boa administração. As pessoas devem prestar atenção a uma coisa: por muitos anos, dois ou três países dominaram o futebol. Agora, há crescimento, como notamos na Ásia e também em África”.
EDSON ARANTES DO NASCIMENTO “PELÉ”, ex-craque brasileiro

“Se há sítio onde tive o privilégio de ter praticamente suscitado unanimidade em termos de aceitação e de respeito, esse sítio foi o Irão, um país com 70 milhões de pessoas. No programa mais visto no Irão, que é sobre futebol e tem uma audiência de 25 a 30 milhões de espectadores, 80 por cento das pessoas disseram nutrir carinho e respeito por mim”.
CARLOS QUEIROZ, seleccionador iraniano de futebol

PERGUNTA DO DIA
O Recreativo do Libolo, foi um justo vencedor na recepção que fez ao Sagrada Esperança, na jornada do Girabola?

O Recreativo do Libolo procurou mostrar, mais uma vez, que em casa joga-se para ganhar. Com essa filosofia imposta em campo, os libolenses só tiraram proveito da situação, diante dos seus milhares de adeptos.
José Canganjo, estudante

A formação de Calulo soube impor-se durante os 90 minutos da partida e a prova disso, está nos golos rubricados por Kaya e Carlitos, enquanto que a turma da Lunda-Norte foi incapaz de deixar a sua marca.
Alberto Sebastião, estudante

A equipa do Cuanza-Sul mostrou que ainda é possível estar na liderança da presente edição, quando está apenas na primeira volta. Por isso, vencer em cada jornada, tanto no seu reduto como fora, é importante. Resultado justo, diante do Sagrada-Esperança.
Gonçalves Tchivandja, estudante

MÁRIO CALADO Progresso Sambizanga-Positivo=O Progresso do Sambizanga conseguiu, finalmente, a sua primeira vitória no Girabola. O triunfo na sexta jornada teve um outro sabor, já que foi conseguido fora do seu reduto. Mário Calado pode assim aspirar fundo e com a satisfação por ter conseguido colocar a sua formação na rota das vitórias, embora a equipa continue na cauda!

TÚBIA Recreativo da Caála-Negativo=A formação, do Recreativo da Caála, é a rainha dos empates até ao momento. Com seis empates em igual número de jogos, a Caála é a única equipa do Girabola que ainda não conheceu o sabor da vitória. A desperdiçar pontos em casa, como faz até agora, a equipa corre o risco de afundar-se na classificação.

Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »