Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas do Leitor

04 de Abril, 2015
Se for vitória é ouro sobre azul. Não podemos perder pontos, senão complicamos a nossa campanha. É agora que devemos amealhar o maior número de pontos para apoiar a nossa campanha na segunda volta da prova”
IVO TRAÇA, treinador do Desportivo da Huíla

Temos uma equipa modesta e com um único objectivo, que passa pela manutenção na prova e dignificar o futebol produzido no clube. O Sagrada Esperança é uma equipa forte e sabe jogar a bola. Por isso, não é fácil defrontá-lo em sua casa e diante dos seus adeptos. Ainda assim, não nos vamos dar por vencidos”.
ERNESTO KOTEL, técnico adjunto da Académica do Lobito

Temos no domingo um jogo bastante difícil com a equipa do Royal Leopards. Apesar de jogarmos em casa, com apoio dos nossos adeptos, acredito que vamos encontrar dificuldades ao longo dos 90 minutos. Pessoalmente, vejo que precisamos de trabalhar bastante e acima de tudo ter o apoio dos nossos adeptos” .
ALEXANDRE GRASSELI, treinador do Petro de Luanda

Estamos à procura de uma maneira para solucionar isso. O que ficou claro para mim após o GP do Qatar, é que não posso competir no máximo das minhas possibilidades. Espero que em breve possa dar boas noticias, porque tomarei uma decisão nos próximos dias”..
DANI PEDROSA, piloto da MotoGP


PERGUNTA DO DIA
Hoje 4 de Abril, a Nação assinala-se e o povo celebra 13 anos sobre a data da assinatura do Acordo de Paz. O que a estabilidade proporcionou ao desporto angolano neste período?


O mundial de pesca desportiva de alto mar que decorreu em Benguela, propriamente no município do Lobito, é a mais recente prova do quanto o país tem procurado realizar o maior número de actividades desportivas, graças à paz definitiva que veio para ficar.
Aguião Manuel, empresário

O desporto de um modo geral faz parte da cultura do nosso país e a paz é o maior complemento desta grande festa. É de recordar, que um grande número de governantes e não só, contribuíram para o crescimento desportivo e também da paz. Por isso, viva os angolanos.
JUSTO CATUMBELA, funcinário público

Nestes 13 anos de paz, Angola, quer a nível do continente e do mundo tem mostrado o quanto é um país, verdadeiramente voltado ao desporto, basta para tal confirmarmos as construções de estádios de futebol, pavilhões multiusos assim como a reabilitação de infra-estruturas desportivas.
Bravo ACM, músico


AVALIAÇÃO JD

PESCA DESPORTIVA
Selecção Nacional - Positivo -
Angola conquistou, pela segunda fez, o título de campeã mundial de pesca desportiva no Alto Mar, repete o feito conquistado em águas brasileiras, no ano passado. Uma vitória que vai de encontro aos anseios dos angolanos e que para os lobitangas, particularmente, é mais um sopro de vida, uma homenagem às vítimas da tragédia das chuvas verificadas em Março.

FUTEBOL
Equipas bienas - Negativo -
O futebol em terras bienas continua a clamar por apoios. O campeonato provincial local ainda não arrancou porque as equipas não se inscreveram e com isso, a província corre o risco de, eventualmente, não participar na prova de acesso ao Girabola. É um facto que atrasa o desenvolvimento da modalidade naquelas paragens.

Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »