Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas do Leitor

22 de Abril, 2015
A única coisa que posso responder neste momento, é que o nome da equipa não mudou, ainda somos o 1º de Agosto, com ou sem Papel vai ser sempre 1º de Agosto. O objectivo agora é tentar obter o maior número possível de vitórias, queremos dez ou mais vitórias consecutivas.
FILIPE NZANZA - técnico-adjunto do 1º de Agosto.

Gostei muito do pronunciamento feito, pelos nossos adeptos, acerca das derrotas que estamos a ter fora da nossa casa. Isso, significa que o Domant FC ganha cada dia mais apoiantes e não está sozinho nessa batalha. Do mesmo modo, indicia que a massa associativa anda atenta ao movimento do clube.
DOMINGOS ANTÓNIO - presidente do Domant.

Penso que é importante criarmos o hábito de pagar, para estar presentes nos eventos. Não há essa cultura, infelizmente. Deu para perceber que conseguimos ter 4500 pessoas pagantes, de acordo com o nosso controlo. É importante criar essa cultura. Por isso, a parceria com a Majoco acaba por resultar bem.
PAULO MADEIRA - presidente da FAB.

Não tememos o adversário (Libolo), porque estamos no mesmo campeonato, pelo que faremos tudo para honrar a camisola que vestimos e assim, prosseguirmos a nossa campanha atrás dos nossos objectivos. O jogo não vai ser favas contadas. Vamos encontrar uma equipa determinada.
IVO TRAÇA - treinador do Desportivo da Huila.

PERGUNTA DO DIA
Acha, que a desvinculação do craque congolês Tresor Mputu do Kabuscorp, pode comprometer os objectivos da equipa na presente época futebolística?


Esse é um assunto que nos leva à profunda reflexão, tendo em conta a veracidade dos factos. Ou seja, o médio volante Tresor Mputu é um jogador de referência não só no Kabuscorp, como no Girabola e também no continente, graças ao talento e profissionalismo. Quanto aos objectivos da equipa, na presente época, só mesmo se acompanharmos em cada jornada.João Alfredo, funcionário público.

Ainda é cedo para falarmos com alguma propriedade à respeito desse assunto. Pois, como sabem, o congolês democrata foi contratado com um propósito que assentava no desafio de levar o Kabuscorp do Palanca à fase final da Liga dos Clubes Campeões de África o que não aconteceu. Mateus Pedro , funcionário público.

A formação do Palanca, nas últimas épocas, tem contratado jogadores de renome internacional. Podemos citar como exemplo, Rivaldo, Albert Meyong e por último Tresor Mputu. Porém, penso que os investimentos feitos ao congolês, comprometem os objectivos da equipa, uma vez que vencer o Girabola e a Taça de Angola é prioridade da direcção do clube. Octávio Zoba, operador de câmara.

AVALIAÇÃO JD

ARY PAPEL
Jogador do 1º de Agosto - Positivo

Não há dúvida, que Ary Papel é um jogador, que exerce certa influência no plantel do 1º de Agosto. Na verdade, bastou o regresso para a equipa dar um abanão ao mau momento que estava a atravessar. Com Papel, a equipa militar mudou de ares. Tem outra atitude, e com isso assinala uma fantástica recuperação. Rico Papel.

MANUEL QUITADICA
Presidente do Maquis - Negativo

A equipa do Bravos do Maquis, alega falta de condição financeira, para fazer face aos encargos do Girabola. Uma equipa que ainda ontem, se dava ao luxo de pagar balúrdios a treinadores, que tirava de outras equipas e a atletas estrangeiros, cai assim de um dia para o outro?

Últimas Opinies

  • 21 de Março, 2019

    Um regresso depois de quase dez anos

    Volvidos quase dez anos, volto a assumir uma missão como enviado especial do Jornal dos Desportos, título para o qual escrevo desde o ano de 1997, e que nesse momento assumo o cargo de editor, depois de já ter sido sub-editor e correspondente provincial.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    A eliminao do Petro e o tal patriotismo

    Terminada a participação Petro de Luanda, na Taça Nelson Mandela, é normal que por esta altura, esteja a ser feita uma profunda reflexão em torno da participação na referida competição africana, nos mais diversos aspectos que ela comporta, sem descorar, portanto, a (des) continuidade do técnico Beto Bianchi, que mais uma vez não conseguiu o troféu de uma competição em que esteve envolvido. 

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Palancas Negras de olhos no Egipto

    A Selecção Nacional de futebol honras, vulgo Palancas Negras, só depende de si para chegar à fase final do Campeonato Africano das Nações (CAN) de 2019, que vai ser disputado no Egipto.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Procuramos fazer tudo para vencer o jogo, mas não conseguimos, porque o adversário  (Recreativo do Libolo) foi competente e inteligente, assim como conseguiu aproveitar as nossas falhas defensivas e, em lances de bolas paradas, marcaram os dois golos.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Zebras para domar...

    A Selecção Nacional de futebol de honras, às ordens do sérvio Srdjan Vasiljevic, decide amanhã, em Franciston, Botswana, a qualificação para o Campeonato Africano das Nações (CAN), que o Egipto acolhe de 19 de Junho a 21 de Julho deste ano.

    Ler mais »

Ver todas »