Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas do Leitor

20 de Maio, 2015
Por aquilo que realmente se passou, ao longo dos 90 minutos, acho que o resultado se ajusta, uma vez que jogamos com um adversário muito difícil, que além de campeão em título, está na liderança”,
Hélder Teixeira , treinador do Recreativo da Caála

Estamos apreensivos, porque corremos o risco de participar no Nacional com a especialidade de Caiaque o que não nos favorece muito. Nós temos os nossos principais atletas, os que nos dão garantias de medalhas, na modalidade de canoagem como o Nelson Henriques, o Pacavira Fortunato e o Aleixo e sem eles teremos poucas oportunidades de estar no pódio”,
Francisco Freire , treinador de Canoagem

Tenho contrato com o FC Porto. Tenho um compromisso com um projecto em que acredito que se desenvolveu muito e que se vai desenvolver mais para crescer em todos os aspectos e ganhar títulos. Mas sim, absolutamente sim”,
Julien Lopetegui , treinador do FC Porto

Fizemos um bom jogo, mas também muito rigoroso, onde era necessário defender para não sofrer golo. Fomos muito ineficazes no ataque, desperdiçamos várias ocasiões de golo, inclusive o penálti”,
Sebastien Desabre , treinador do Libolo



A PERGUNTA DO DIA
A vitória petrolífera diante dos domantinos, inspira a maiores desafios ao treinador principal, Alexandre Grasseli, na presente época?


A equipa mais titulada no campeonato de futebol profissional do país, do Girabola e da Taça de Angola, tem a obrigação de resgatar a mística, que sempre habituou aos adeptos, sócios e simpatizantes. Para que tal aconteça, é necessário, evitar novas derrotas. Faço votos de que essa vitória, diante do Domant venha inspirar mais pontuação . António Viegas , estudante

O plantel petrolífero, apesar de atravessar a crise de golos, razão porque só estão na oitava posição da tabela classificativa da presente época , com 16 pontos, precisa de afinar a pontaria dos pontas - de - lança. Contudo, espero que esta opinião venha dar um alento vitorioso, a essa grande equipa. Fernando António, relações públicas

A formação do Eixo - viário está proibida de perder antes do fecho da primeira volta do campeonato principal, em que têm agendado dois grandes desafios, isto é, relativamente aos jogos da 14ª jornada em casa dos Sambilas e seguidamente, na recepção ao Sagrada Esperança. Portanto, esperamos que consigam manter a onda de vitórias. Mateus Gomes, empregado comercial

AVALIAÇÃO JD

IVO TRAÇA
Treinador do Desportivo=Positivo

Depois de alguns resultados menos conseguidos, a formação do Desportivo da Huíla dá mostras de recuperação. Os huilanos venceram o Petro de Luanda na visita deste ao seu reduto e na ronda mais recente impuseram um empate rigoroso ao Interclube no 22 de Junho. Uma boa safra diante de dois grandes.


MPUTO MABI
Internacional congolês=Negativo

A fazer fé nas últimas informações procedentes do Kabuscorp, o congolês Tresor Mputo Mabi, pode estar de regresso ao conjunto palanquino, para cumprir o seu contrato. Pela experiência, Mputo Mabi, podia ter tido um outro comportamento ao invés de deixar cair a sua cotação.

Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »