Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos leitor

22 de Junho, 2014
Vocês angolanos são como nós portugueses. O grande problema dos nossos países é que gostamos de pensar muito alto. Em Portugal as coisas só começaram a melhorar há uns 15 ano quando se começou a apostar mais na construção de infra-estruturas de qualidade e na formação de técnicos e jogadores. Angola também tem de seguir esse caminho, se quiser ter sucesso.
JORGE JESUS, treinador do Sport Lisboa e Benfica.

Estou ciente de que este ano vai ser mais difícil para mim, devido à lesão que tive e em virtude de ter ficado muito tempo parado, mas com trabalho tudo é possível. Estou confiante numa boa segunda volta, porque a minha chamada à Selecção Nacional vai depender também muito das minhas exibições.
PIROLITO, médio do Interclube.

Vamos procurar melhorar o que não estava bem na primeira volta, uma vez que o grupo reúne requisitos par o efeito. No começo da competição muitos não acreditavam numa boa classificação mas aos poucos começaram a compreender que o conjunto está à altura de enfrentar qualquer equipa do topo do Girabola.
DIAKETÉ, médio ofensivo do Benfica de Luanda.

Não entendo como é que Portugal tem um sessão de treino em frente a dez mil pessoas. Estava a ver a sessão de treino, em directo, a partir do meu escritório. É algo que não percebo. E por causa disso toda a gente se apercebeu de que o Ronaldo colocou gelo no joelho.
JOSé Mourinho, treinador do Chelsea.

A PERGUNTA DO DIA
O Recreativo de Calulo trouxe ao país o técnico do Sport Lisboa e Benfica, Jorge Jesus. Que vantagens tem a retirar desta visita?

No programa de visita do treinador principal do Sport Lisboa e Benfica ao nosso país, em particular na província do Cuanza Sul, município de Calulo, sede oficial do Recreativo de Calulo, Jorge Jesus teve a oportunidade de observar o projecto da construção do estádio e respectivos departamentos e também as suas funcionalidades. Manuel Fernandes, estudante.

A formação do Recreativo de Libolo, bicampeã do Girabola, sair a ganhar em termos de marketing e isto pode levá-lo a conquistar maior números de adeptos, até mesmo a nível internacional, devido a elevada simpatia que o Sport Lisboa e Benfica tem em Angola. Kalia João, estudante.

Jorge Jesus é considerado técnico de uma experiência invulgar, por este motivo esperamos que venha trazer ao Libolo opiniões muito válidas no que toca aos desafios. Lembro que quando esteve em Calulo, endereçou algumas palavras de incentivo ao plantel do Libolo, penso que já foi um bom começo. Samuel Manuel, estudante.


AVALIAÇÃO JD

RUI CAMPOS
Presidente do Libolo - Positivo -
A vinda a Angola de Jorge Jesus acabou por ser positiva pelos subsídios que tratou de prestar ao nosso desporto, ao futebol particularmente. O técnico português cumpriu um programa que foi frutífero. Em todo o caso damos mérito a Rui Campos responsável pela sua presença no nosso país.

ANIBAL MOREIRA
Seleccionar de basquetebol - Negativo -
Estamos por compreender de facto o que se está a passar a nível da selecção sénior feminina de basquetebol. Ontem, Nacissela Maurício foi preterida para o campeonato do mundo. Hoje já se diz que aquela convocatória é só para o torneio de Maputo. Mas a quantas andamos afinal, senhor Aníbal?

Últimas Opinies

  • 20 de Julho, 2019

    Acesso ao Qatar

    Apesar da qualificação inédita numa fase final de um Mundial de Futebol, algo que ocorreu curiosamente em 2006, edição organizada pela Alemanha, a Selecção Nacional.

    Ler mais »

  • 20 de Julho, 2019

    O honroso sexto lugar do nosso hquei em patins

    A recente participação de Angola no Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins, que decorreu em Barcelona, Espanha, e que o nosso país se classificou em sexto lugar.

    Ler mais »

  • 18 de Julho, 2019

    Cartas dos Leitores

    No nosso período pré competitivo, nesta segunda quinzena de Julho, já queria ir para uma paragem, onde tivesse campos e equipas para realizarmos jogos.

    Ler mais »

  • 18 de Julho, 2019

    Final interessante

    Um mês depois de fortes emoções vividas nos estádios e em outros espaços fora e longe dos centros de disputa,  vamos ter,  finalmente,  amanhã dia 19, o cair do pano da XXXII edição do Campeonato Africano das Nações de futebol, organizado pelo Egipto.

    Ler mais »

  • 18 de Julho, 2019

    A dvida de Akw

    O dia 8 de Outubro de 2005, ficará para sempre gravado na história do desporto angolano e do futebol em particular.

    Ler mais »

Ver todas »