Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos leitor

02 de Outubro, 2014
Estou muito grata. A bolsa não cobre todos os gastos com a preparação, mas é um impulso, uma ajuda que surgiu para dar continuidade àqueles programas que estavam condicionados. Não digo que é suficiente, porque até 2016 há muitas provas, muitas qualificações (...)."
António de Fátima "Faya" - judoca angolana.

Escolhemos 40 jogadores bons, mas é preciso dar continuidade, o que não depende de mim. Eu tenho o programa para 2014 até 2017, se me chamarem vou apresentá-lo e vamos procurar a forma de trabalhar. Temos bons jogadores".
Nzuzi André - técnico da Selecção Nacional de futebol de Sub-17.

Um dos nossos objectivos, com a realização do nacional numa outra província que não seja Luanda, é descongestionar as principais actividades de calendário da época da capital, de modo que todas as províncias participem.”
Valentim Domingos - presidente da Federação de Voleibol.


Nas competições europeias estou escaldado: já sei que a meu favor nada, e que em caso de dúvida, é contra mim. De resto, ainda tenho alguns jogos com pena suspensa. Os árbitros são como os treinadores: há os muito bons, os bons, os razoáveis e os ruinzinhos. Isso não muda.”
José Mourinho - técnico do Chelsea.


PERGUNTA DO DIA
O Kabuscorp do Palanca tem capacidade competitiva para chegar à liderança e vencer o Girabola´2014?


Ainda há muito para competir até ao fecho do Campeonato Nacional da Primeira Divisão. O Kabuscorp do Palanca, na condição de segundo posicionado com 52 pontos, menos seis que o Libolo, tem hipóteses de vencer o Girabola. Depende do líder, mas pode chegar lá. Neves Benjamim , engenheiro.

Acreditámos que a equipa técnica do Libolo não vai facilitar a liderança a ninguém. O Kabuscorp é a equipa que está mais próxima e com possibilidades de ainda chegar ao título, mas tem de esperar pelos deslizes da equipa de Miller Gomes. Penso que vai ser difícil para Zoran Maki e seus rapazes, revalidarem o título. Edgar Silvestre, empreendedor.

Na corrida ao tão almejado e cobiçado troféu, quando faltam cinco jornadas, três equipas que são: o Recreativo do Libolo, líder com 58 pontos, Kabuscorp do Palanca, tem 52 pontos e Benfica de Luanda, com 46 pontos, ainda têm hipóteses matemáticas de serem campeãs. Mas só uma delas pode ser e acho que o Libolo está mais próximo. Januário Felicidade, estudante.


AVALIAÇÃO JD

NACISCELA MAURÍCIO
Capitã da Selecção Nacional- Positivo

Apesar de ter averbado três derrotas no Mundial de basquetebol, a participação de Angola não foi de todo negativa. Em termos individuais, a capitã da Selecção Nacional sénior feminina esteve em destaque com actuações que mereceram o elogio de técnicos e jornalistas presentes na Turquia.


PEDRO NETO
Presidente da FAF -Negativo

A eliminação da Selecção Nacional sub-17 continua a merecer muitos comentários de agentes do desporto, sobretudo, devido ao que o grupo passou na derradeira semana de preparação, antes do jogo. Até os jovens atletas pediram à direcção da FAF um tratamento mais atencioso à Selecção.

Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »