Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitor

13 de Setembro, 2015
Jogar frente a uma formação aflita é mais complicado que enfrentar uma equipa bem classificada. Geralmente, os adversários nesta condição vêm sempre com espírito ganhador para abafar o mal que carregam e o Domant não foge a esta realidade", .
Albano César, treinador do Progresso Sambizanga.

Sinceramente, a realização do Campeonato Nacional da II Divisão não faz qualquer sentido, porque a maior parte das equipas que vão disputar a competição não tem recursos financeiros para suportar o BIC BASKET",
Paulo Macedo, treinador da Marinha de Guerra.

Temos um encontro contra o Senegal, acho que já é um jogo diferente daquilo que foi feito até aqui. Vamos esperar que a nossa selecção dê a resposta que nós precisamos. Porque de uma forma global a selecção não tem jogado nada bem. Vamos esperar e temos confiança que no jogo de domingo as coisas corram melhor”.
Jaime Covilhã, seleccionador nacional feminino de basquetebol.

O início da temporada tem sido difícil. Partiram muitos titulares e outros chegaram com algumas dificuldades, dado que tiveram jogos internacionais durante as férias, por isso, temos de trabalhar sempre nos limites",
Leonardo Jardim, treinador do Mónaco.


A PERGUNTA DO DIA
A desqualificação de um Karateca angolano nos Jogos Africanos que decorrem no Congo-Brazzaville compromete os objectivos da federação?

A Federação Angolana de Karaté-dó (FAKD) levou para a competição os seus melhores lutadores, na perspectiva de alcançar lugares cimeiros e honrar o bom nome do país no panorama internacional. Contudo, infelizmente, o esperado sucesso não aconteceu. Albertoflay, comerciante.

Angola não é o primeiro país do mundo a sofrer uma desqualificação do género, apesar de ser esta uma situação que nos entristece, pelo simples facto de que estávamos à espera que os nossos atletas levantassem a Bandeira Nacional. Manaças Americano, relações públicas.


Ainda no ano passado, no mês de Junho, o presidente da Federação Angolana de Karaté-dó, Germano Gomes, já tinha alertado para técnicas fora dos parâmetros legais da parte de alguns atletas, e isso acabou por acontecer agora em Brazzaville. Adriano Tavares, empreteiro.


AVALIAÇÃO JD

DRAGAN JOVIC
Treinador do 1º de Agosto - Positivo

O 1º de Agosto é a única equipa das apontadas ao título que conseguiu vencer. Os militares derrotaram o arqui-rival Petro de Luanda e ficaram agora a dois pontos do segundo lugar, ao mesmo tempo que reduziram para sete o número de pontos que o Libolo leva na liderança. O 1º de Agosto agita a liderança.

IVO TRAÇA
Treinador do Desportivo - Negativo

O Desportivo da Huíla foi perder com o Sagrada Esperança no reduto deste e continua com a situação um pouco tremida. A equipa huilana ainda não conseguiu os pontos necessários para garantir a sua permanência e com equipas do seu campeonato o Desportivo tem de pontuar para não correr o risco de se afundar mais.

Últimas Opinies

  • 24 de Agosto, 2019

    O amiguismo na resciso

    O assunto de momento no nosso futebol, convenhamos, é sem dúvidas o desenlace entre a Federação Angolana de Futebol (FAF) e o técnico Srdjan Vasiljevic, em face de algumas situações que vinham acontecendo e que originou que se estalasse o verniz.

    Ler mais »

  • 24 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Os jogadores aguardaram isso dos dirigentes, para que a motivação crescesse

    Ler mais »

  • 24 de Agosto, 2019

    O sonho dos grupos

    Após as vitórias extramuros nas deslocações à Tanzânia e ao Lesotho, o 1º de Agosto e Petro têm, neste fim-de-semana, a oportunidade soberana de confirmarem a qualificação para última eliminatória de acesso a fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Viemos a público para responder ou esclarecer o que aconteceu.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    O divrcio anunciado

    Não faz ainda muito tempo do anúncio do divórcio, entre o órgão reitor do futebol nacional e o então seleccionador nacional de honras, o sérvio Srdjan Vasiljevic, que ontem deixou o país.

    Ler mais »

Ver todas »