Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

05 de Outubro, 2015
Antes de tudo, dizer que enquanto for possível matematicamente vencer o campeonato, vamos acreditar no título. Sobre o jogo, foi uma vitória sofrida. Enfrentámos uma equipa jovem que corre muito, mas conseguimos.
Filipe Nzanza, treinador adjunto do1º Agosto.

Felizmente conseguimos corrigir os erros cometidos frente ao Egipto. Melhoramos as nossas percentagens nos lançamentos a longa e curta distâncias, assim como os lançamentos livres. Portanto, vamos procurar na partida diante do Gabão manter os índices de concentração, a fim de conseguirmos a qualificação para as meias-finais.
JAIME COVILHâ, seleccionador de basquetebol feminino.

Os árbitros foram recordados de que devem ser muito cuidadosos na avaliação de cortes que possam colocar em risco a segurança de um jogador, mesmo quando a bola tenha sido jogada, para tomarem as acções necessárias. Não é uma instrução nova, já que nada mudou nas Leis do Jogo ou na sua interpretação.
PIERLUIGI COLLINA, responsável máximo do Comité de arbitragem da UEFA.

Quero fazer estas duas épocas, que tenho no contrato, espero jogar ao mais alto nível. Depois retiro-me. Não sou aquele tipo de jogador que anuncia um ano antes que vai reformar-se para depois fazer uma época de despedida: é a pior coisa que consigo imaginar. Quando tomar a minha decisão, é definitiva.
DIRK NOWITZKI, da NBA ao serviço do Dallas.

A PERGUNTA DO DIA
Dos três primeiros concorrentes na lista dos melhores marcadores do Girabola, (Meyong, Pedro e Moco) quem será o vencedor?


Os números de golos marcados por cada um dos artilheiros falam por si. Ou seja, a diferença pontual entre Meyong (13 tentos), Pedro e Moco, ambos com 12, espelha bem o equilíbrio entre os três. Mesmo assim, a corrida continua pois ainda faltam duas jornadas para o fecho da época. César Trinta, gestor de marketing.

Este é um bom desafio entre artilheiros. Meyong tem experiência, dado que já ganhou em Angola e Portugal, e embora esteja fora da corrida do título, é sempre bom erguer bem alto o troféu de melhor marcador. Francisco Borges, estudante.

As oportunidades de golo devem ser muito bem aproveitadas. Nesta ordem de ideias, os três concorrentes têm condições de terminar o Girabola como artilheiros do campeonato, embora Meyong seja sempre um nome a ter em conta, dada a sua experiência. José Júlio, estudante.


AVALIAÇÃO JD

FILIPE NZANZA
Adjunto do 1º de Agosto - Positivo

Diz-se que saber esperar é uma grande virtude. O 1º de Agosto, mesmo estando em sexto lugar sempre acreditou que ainda havia possibilidade de chegar ao título do Girabola. Alguns questionaram esta ambição da turma militar. Mas agora parece que o tempo começa dar razão ao 1º agosto.


JOÃO PAULo
Treinador do Libolo - Negativo

Ou não tem ambição ou não tem sorte, porque na verdade já não se percebe como é uma equipa que tinha tudo para se sagrar campeã de forma antecipada se veja ainda na contingência de perder o título. O Libolo falhou a toda largura do terreno. Foi demasiadamente permissivo e com a derrota de ontem corre sérios riscos de perder o campeonato.

Últimas Opinies

  • 18 de Julho, 2019

    Final interessante

    Um mês depois de fortes emoções vividas nos estádios e em outros espaços fora e longe dos centros de disputa,  vamos ter,  finalmente,  amanhã dia 19, o cair do pano da XXXII edição do Campeonato Africano das Nações de futebol, organizado pelo Egipto.

    Ler mais »

  • 18 de Julho, 2019

    A dvida de Akw

    O dia 8 de Outubro de 2005, ficará para sempre gravado na história do desporto angolano e do futebol em particular.

    Ler mais »

  • 18 de Julho, 2019

    Assim no est nada bom

    Depois da decepção que foi a participação dos Palancas Negras no Campeonato Africano das Nações, que ainda decorre no Egipto, com encerramento previsto para amanhã, 19 de Julho, pensei que a paz voltaria, quanto antes, a reinar no “quintal” do futebol doméstico, de si já prenhe de problemas.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Uma seleco coxa sem craques de elite

    A qualidade  dos jogos dados a ver pelos Palancas Negras no CAN do Egipto, mostrou, mais uma vez, que não temos um estilo que nos identifica em termos de estilo.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    O real papel do gestor desportivo

    As funções de um gestor desportivo não são mais do que as funções de um gestor de empresas, adaptadas e ajustadas às particularidades de um clube ou federação desportiva.

    Ler mais »

Ver todas »