Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

06 de Outubro, 2015
Temos de assumir o fracasso, pelo facto de não termos conseguido atingir a nossa meta, que passava pela conquista do tricampeonato africano e, consequentemente, o apuramento directo aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.
Paulo Madeira, presidente da Federação Angolana de Basquetebol


Acho que morremos nas transições do 1º de Agosto. Estivemos mal em todos os aspectos porque não é normal sofrermos quatro golos num jogo. Vamos continuar a trabalhar e corrigir tudo para o último jogo do campeonato.
Zeca Amaral, Benfica de Luanda


Como sabem, dependemos de terceiros e enquanto houver esperança, vamos lutar com a mesma determinação. Foi um jogo muito intenso e ganhamos com mérito perante um adversário muito difícil.
Alberto Cardeau, Bravos do Maquis


Não entramos bem e sofremos o golo na primeira parte. Tivemos de nos reerguer e conseguimos empatar, mas estávamos muito ansiosos e tentamos atacar mas não houve coesão.
João Paulo da Costa, Recreativo do Libolo


A PERGUNTA DO DIA
A derrota do Libolo diante do Bravos do Maquis dá confiança ao 1º de Agosto para lutar até ao fim pelo título?

O clube Central das Forças Armadas é o rival directo da formação de Calulo na corrida a consagração da presente época futebolística. O 1º de Agosto tem agora que fazer o seu trabalho e vencer a Caála e esperar depois que a Académica derrote o Libolo no Lobito.
Vitorino Tchimuê, relações públicas


A humilhação que o 1º de Agosto impôs em casa do Benfica de Luanda mostrou que para os agostinos nada está perdido. Agora com 57 pontos, a equipa militar tem motivos para continuar a sonhar, porque tudo só fica definido na derradeira jornada do campeonato.
Joaquim Manuel, relações públicas


A 30ª jornada, curiosamente, a última do campeonato principal de futebol da primeira divisão vai ditar o campeão, que pode ser o Recreativo do Libolo ou 1º de Agosto, com as duas equipas separadas por dois pontos. O 1º de Agosto é moralizado, mas o Libolo só precisa de um ponto.
Relaxo Neimar, ardina


JOÃO MACHADO Treinador 4 de Abri
l-POSITIVO-O Cuando Cubango volta a ter uma equipa no Girabola. O 4 de Abril ascendeu ao escalão superior pela mão do técnico João Machado, que não teve receio do desafio que teve de enfrentar. João Machado é decano dos treinadores angolanos no activo e a sua experiência foi decisiva para levar a sua equipa ao convívio dos grandes.

ZECA AMARAL Benfica de Luanda-NEGATIVO-O Benfica de Luanda, com Zeca Amaral no comando, consentiu uma goleada diante do 1º de Agosto. As equipas orientadas por Amaral têm sido bem referenciadas pelo seu rigor defensivo, mas desta feita os encarnados sucumbiram diante de um adversário que ainda tem condições de ser campeão no Girabola.

Últimas Opinies

  • 15 de Julho, 2019

    O real papel do gestor desportivo

    As funções de um gestor desportivo não são mais do que as funções de um gestor de empresas, adaptadas e ajustadas às particularidades de um clube ou federação desportiva.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Quem explica o desporto angolano?

    O nosso desporto merece um estudo profundo, para se encontrar explicações que justifiquem os resultados que vai tendo.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Cartas dos Leitores

    No nosso grupo (A),  somos a única selecção (Angola) que tem a sua primeira participação  a este nível. Canadá vai para a sua sétima, Nova Zelândia.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Objectivo falhado

    Angola não conseguiu alcançar o objectivo preconizado no Mundial de Hóquei em Patins, que se disputou em Barcelona, Espanha, acabando por se quedar na sexta posição.

    Ler mais »

  • 13 de Julho, 2019

    Cartas dos Leitores

    Vamos entrar para o campeonato em cada jogo para ganhar, nós queremos começar bem, com o pé direito. Como sabem, já temos o calendário.

    Ler mais »

Ver todas »