Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

18 de Outubro, 2015
Mas de qualquer das formas, a última palavra cabe aos nossos patrocinadores, que são o suporte do clube".
Elias José, presidente do ASA

Apesar de talento futebolístico do país, constatou-se que nos últimos tempos a Selecção Nacional e as respectivas categorias inferiores não têm conseguido bons resultados . Lembramos que a grande conquista que tivemos em África, em Sub-20, foi em 2001".
Tomás Faria, presidente do Petro de Luanda

Estamos satisfeitos com o apoio manifestado pelas nossas populações e gostaríamos que amanhã (hoje) na Cidade do Kilamba, os habitantes de Luanda possam acorrer em massa para apoiar os nossos ciclistas e os ciclistas estrangeiros que vieram participar desta I edição da Volta a Angola em bicicleta".
Diógenes de Oliveira, presidente da FACI

Há pessoas a quem não interessa que tudo esteja bem. Numa entrevista em que fazes um comentário de futebol, se mudas uma vírgula tiras o contexto. Não posso evitar que alguns jornalistas estejam continuamente a aproveitar-se do que digo".
Rafael Benítez, treinador do Real Madrid


A PERGUNTA DO DIA
Como considera os elogios do treinador do Sagrada, Zoran Maki, ao Libolo pela conquista do Girabola?


O treinador sérvio desde que à 10ª jornada assumiu o comando principal do Sagrada Esperança, soube sempre reconhecer as qualidades futebolísticas apresentadas pelo Recreativo do Libolo, e acredito que sempre foi coerente para com o vencedor da edição 2015 do Girabola.
Ângelo Ngola, estudante

A humildade em reconhecer as qualidades do adversário é uma grande virtude. E pude ver que o técnico Zoran Maki sempre teve o cuidado de não criticar os adversário. Da mesma forma que dava os parabéns aos seus jogadores elogiava os do adversário. Talvez pela humildade é que levou o Sagrada à final daTaça de Angola
Henriques António, estudante

O treinador Zoran Maki seguiu o exemplo de muitos outros agentes que reconhecem que o Recreativo do Libolo ganhou com justiça o Girabola 2015. Penso que é uma atitude de carácter e de humildade quando as pessoas têm a coragem de enaltecer os feitos dos outros. Penso que é um exemplo a seguir.
Adriano Calula, estudante


AVALIAÇÃO JD


CARLOS HENDRICK
Presidente do 1º de Agosto - Posittivo -
O 1º de Agosto fez a dobradinha no andebol, ao vencer as duas finais da Taça de Angola. Quer em masculinos, quer em femininos, os militares não deixaram os seus créditos em mãos alheias, compensando, de algum modo, os fortes investimentos que têm sido feitos nos últimos anos pelo elenco comandado pelo general Carlos Hendrick.

TOMÁS FARIA
Presidente do Petro - Negativo -
Depois da desdita no futebol, o Petro volta a sofrer um outro revés, agora no andebol, a não conseguir conservar o troféu de detentora da Taça de Angola. A desaceleração dos investimentos em função da crise financeira tem sido um desafio que a direcção liderada por Tomás Faria tem tido dificuldades em contornar, repercutindo-se nos resultados desportivos.

Últimas Opinies

  • 18 de Julho, 2019

    Final interessante

    Um mês depois de fortes emoções vividas nos estádios e em outros espaços fora e longe dos centros de disputa,  vamos ter,  finalmente,  amanhã dia 19, o cair do pano da XXXII edição do Campeonato Africano das Nações de futebol, organizado pelo Egipto.

    Ler mais »

  • 18 de Julho, 2019

    A dvida de Akw

    O dia 8 de Outubro de 2005, ficará para sempre gravado na história do desporto angolano e do futebol em particular.

    Ler mais »

  • 18 de Julho, 2019

    Assim no est nada bom

    Depois da decepção que foi a participação dos Palancas Negras no Campeonato Africano das Nações, que ainda decorre no Egipto, com encerramento previsto para amanhã, 19 de Julho, pensei que a paz voltaria, quanto antes, a reinar no “quintal” do futebol doméstico, de si já prenhe de problemas.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Uma seleco coxa sem craques de elite

    A qualidade  dos jogos dados a ver pelos Palancas Negras no CAN do Egipto, mostrou, mais uma vez, que não temos um estilo que nos identifica em termos de estilo.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    O real papel do gestor desportivo

    As funções de um gestor desportivo não são mais do que as funções de um gestor de empresas, adaptadas e ajustadas às particularidades de um clube ou federação desportiva.

    Ler mais »

Ver todas »