Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

15 de Fevereiro, 2016
O médico, o fisioterapeuta e o nutricionista desempenham sempre um papel na educação dos atletas, através da informação que lhes devem passar permanentemente sobre os cuidados a ter ao nível do exercício, práticas alimentares, higiene e repouso.
Pedro Neto , presidente da Federação Angolana de Futebol

Foi um bom jogo em que a equipa cumpriu com o que estava traçado. Tivemos algumas dificuldades, mas os atletas conseguiram inverter o quadro e conquistarmos um resultado satisfatório.
João Paulo da Costa , treinador do Libolo

Foi um jogo díficil diante de uma grande equipa, com muito ritmo competitivo e muito bem entrosada. E quando é assim, as coisas ficam mais díficeis para o adversário. É um resultado negativo para nós.
Zoran Maki , Sagrada Esperança

Todas as equipas envolvidas nas competições que se avizinham, Girabola e a Taça de Angola, traçaram objectivos primordiais para esta época. Uns apontam a conquista dos dois troféus, outras um, enquanto algumas almejam a melhoria da classificação.
ATACANTE Jocek , reforço do Progresso Sambizanga

A PERGUNTA DO DIA
Que níveis a equipa técnica do Porcelana FC pretende alcançar durante o campeonato principal de futebol da Primeira Divisão, face a realização dos jogos amistosos?



Os níveis que a formação Porcelana FC do Cuanza - Norte pretende atingir, passam pela permanência da equipa na maior competição futebolística de futebol do país, segundo o seu treinador Luís Mariano, um treinador que já teve uma passagem pelo Libolo.
João Madureira , estudante



No regresso da única formação da província do Cuanza Norte na Primeira Divisão, o Porcelana FC tem como prioridade jogar ao nível dos seus adversários durante a época pois, só deste modo poderá atingir os seus objectivos. Um desafio que leva à equipa técnica em apostar nos jogos amistosos.
Mário Bento, relações públicas


Luís Mariano a cada jogo amistoso que realiza vai tirando ilações sobre a capacidade competitiva dos adversários em campo e dos seus atletas. Deste jeito, o treinador brasileiro considera que o seu plantel regista crescimentos aceitáveis, técnicos e tácticos, para competir no Girabola Zap.
Vitorino César, motorista

Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »