Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

15 de Fevereiro, 2016
O médico, o fisioterapeuta e o nutricionista desempenham sempre um papel na educação dos atletas, através da informação que lhes devem passar permanentemente sobre os cuidados a ter ao nível do exercício, práticas alimentares, higiene e repouso.
Pedro Neto , presidente da Federação Angolana de Futebol

Foi um bom jogo em que a equipa cumpriu com o que estava traçado. Tivemos algumas dificuldades, mas os atletas conseguiram inverter o quadro e conquistarmos um resultado satisfatório.
João Paulo da Costa , treinador do Libolo

Foi um jogo díficil diante de uma grande equipa, com muito ritmo competitivo e muito bem entrosada. E quando é assim, as coisas ficam mais díficeis para o adversário. É um resultado negativo para nós.
Zoran Maki , Sagrada Esperança

Todas as equipas envolvidas nas competições que se avizinham, Girabola e a Taça de Angola, traçaram objectivos primordiais para esta época. Uns apontam a conquista dos dois troféus, outras um, enquanto algumas almejam a melhoria da classificação.
ATACANTE Jocek , reforço do Progresso Sambizanga

A PERGUNTA DO DIA
Que níveis a equipa técnica do Porcelana FC pretende alcançar durante o campeonato principal de futebol da Primeira Divisão, face a realização dos jogos amistosos?



Os níveis que a formação Porcelana FC do Cuanza - Norte pretende atingir, passam pela permanência da equipa na maior competição futebolística de futebol do país, segundo o seu treinador Luís Mariano, um treinador que já teve uma passagem pelo Libolo.
João Madureira , estudante



No regresso da única formação da província do Cuanza Norte na Primeira Divisão, o Porcelana FC tem como prioridade jogar ao nível dos seus adversários durante a época pois, só deste modo poderá atingir os seus objectivos. Um desafio que leva à equipa técnica em apostar nos jogos amistosos.
Mário Bento, relações públicas


Luís Mariano a cada jogo amistoso que realiza vai tirando ilações sobre a capacidade competitiva dos adversários em campo e dos seus atletas. Deste jeito, o treinador brasileiro considera que o seu plantel regista crescimentos aceitáveis, técnicos e tácticos, para competir no Girabola Zap.
Vitorino César, motorista

Últimas Opinies

  • 23 de Março, 2019

    Agora que venha o CAN do Egipto!

    Que venha agora o CAN do Egipto! Sim, que  venha o Campeonato Africano das Nações porque a fase de qualificação ficou já para atrás. 

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Estou aqui para trabalhar. É uma realidade nova para mim. Nunca estive em África.

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    Angola est no Egipto

    O país acordou, hoje, na ressaca da explosão festiva resultante da qualificação da selecção nacional de futebol, ao Campeonato Africano das Nações, a disputar-se em Junho e Julho, no Egipto.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Amanh um "tudo ou nada

    Amanhã é uma espécie de Dia D, para nós, e tal fica a dever-se aos ‘’Palancas Negras’’

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Um regresso depois de quase dez anos

    Volvidos quase dez anos, volto a assumir uma missão como enviado especial do Jornal dos Desportos, título para o qual escrevo desde o ano de 1997, e que nesse momento assumo o cargo de editor, depois de já ter sido sub-editor e correspondente provincial.

    Ler mais »

Ver todas »