Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos leitores

27 de Fevereiro, 2016
Não vou inventar o futebol, mas tenho o meu estilo, a minha característica e carácter como pessoa. Estou a transmitir aos jogadores a minha filosofia de trabalho e é isso que quero dos meus jogadores. Gosto de um futebol rápido, vistoso e objectivo, por isso estamos a treinar nesta metodologia.
ROBERTO BIANCHI , treinador do Petro

A minha integração tem sido muito boa e tenho tentado compreender da melhor forma possível os ensinamentos que o mister tem transmitido. Desde já quero agradecer a Deus por ter encontrado um grupo muito bom e que tem contribuído para a minha integração.
CACHI , nova aquisição do Interclube

Tão logo que nos apercebemos que não houve acordo de renovação entre o atleta e a direcção, tivemos que pensar imediatamente numa solução possível e imediata. Foi assim que conseguimos, através dos jogos amistosos que realizamos encaixar os jogadores como Gerry, Reginó, Castro, Gaca, Dadão.
ROBERTINHO DO CARMO , treinador do ASA

É uma carreira engraçada. Sou o campeão inglês, e ainda não tenho emprego. Leio muitas coisas diferentes. Um dia, dizem que vou para a China; no outro, dizem que vou para a Itália, que estou de volta à Inter de Milão. Estou aqui (em Cingapura), então vocês provavelmente vão dizer que vou assumir a selecção de Cingapura.
JOSÉ MOURINHO , treinador de futebol


A PERGUNTA DO DIA
Que avaliação se pode fazer ao comportamento dos adeptos durante a primeira jornada do Girabola Zap?

Os adeptos das 16 equipas que disputam o campeonato nacional da primeira divisão, enquanto decorria os jogos da primeira jornada souberam dignificar o espírito de convivência dentro e fora dos estádios. Uma atitude que deve ser considerada como exemplar. Sebastião Luís , funcionário público

A classe crítica do futebol nacional, em particular os jornalistas desportivos, até ao presente momento deram nota positiva no que toca ao espírito de fair play dos adeptos em campo. Pensamos que esta postura deve ser levada em conta, até ao fecho da competição. Garcia Estêvão , estudante

A atitude comportamental de um indivíduo justifica o perfil desta mesma pessoa em todos os sentidos. Portanto, pensamos que as direcções de equipas que fazem parte do campeonato principal de futebol da primeira divisão, devem sim, mostrar sempre uma atitude positiva. Mateus Carmona, estudante

Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »