Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos leitores

06 de Março, 2016
"(...) Estes resultados complicam a nossa missão porque estamos a redimensionar o nosso ciclo e o objectivo fundamental é tornar esta equipa competitiva daqui há dois, três anos. Vamos continuar a fazer o nosso trabalho, mas sempre que der para o prestígio do Petro e satisfação das próprias atletas e nossos adeptos, vamos ganhar."
Vivaldo Eduardo , treinador de andebol do Petro de Luanda

Sou filho da casa. Conheço bem esta modalidade, fui piloto durante cinco anos e pretendo continuar a dar a minha contribuição para o crescimento deste desporto, desta feita, através do dirigismo desportivo."
Carlos Soweto , candidato à presidência da APMCL

Nós cometemos alguns erros no quarto período. Conseguimos fazer um bom jogo quer no primeiro, quer no segundo quarto, mas infelizmente não conseguimos manter a eficácia nos quartos subsequentes. Vamos continuar a trabalhar.
Jorge Alves , técnico - adjunto do 1º de Agosto

"Temos visto que os antigos futebolistas gostam de participar em actividades da FIFA. Gostam de devolver ao futebol o muito que lhes deu, temos de ser capazes de integrá-los e uma das minhas prioridades é criar uma equipa de lendas do futebol
Gianni Infantino , presidente da FIFA


A PERGUNTA DO DIA
A qualidade futebolística que o Kabuscorp está a apresentar no "Girabola Zap" é garantia para vitórias nos próximos jogos?


A equipa da populosa agremiação do bairro do Palanca procura a cada jornada mostrar um futebol credível e com grande qualidade futebolística. Isto leva a equipa técnica do Kabuscorp a melhorar a prestação do grupo de trabalho, jogo após jogo, tendo em conta os objectivos que persegue no campeonato. João Massala , estudante

O futebol é das modalidades mais imprevisíveis, cujo resultado é definido ao longo dos 90 minutos. O próximo adversário é o Sagrada Esperança, que está moralizado depois de continuar nas Afrotaças, mas ainda assim o Kabuscorp é favorito porque tem um plantel mais competitivo e as duas equipas têm objectivos diferentes. António José relações públicas

O Kabuscorp do Palanca é uma equipa candidata ao título, logo tem responsabilidades acrescidas. É natural que deva trabalhar para mostrar um futebol com mais qualidade para reflectir-se nos resultados. Acho que a equipa está em bom caminho, por aquilo que já mostrou nos dois jogos feitos, em que venceu um e empatou outro. Aguinaldo Lopes , empreendedor

Últimas Opinies

  • 15 de Julho, 2019

    O real papel do gestor desportivo

    As funções de um gestor desportivo não são mais do que as funções de um gestor de empresas, adaptadas e ajustadas às particularidades de um clube ou federação desportiva.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Quem explica o desporto angolano?

    O nosso desporto merece um estudo profundo, para se encontrar explicações que justifiquem os resultados que vai tendo.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Cartas dos Leitores

    No nosso grupo (A),  somos a única selecção (Angola) que tem a sua primeira participação  a este nível. Canadá vai para a sua sétima, Nova Zelândia.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Objectivo falhado

    Angola não conseguiu alcançar o objectivo preconizado no Mundial de Hóquei em Patins, que se disputou em Barcelona, Espanha, acabando por se quedar na sexta posição.

    Ler mais »

  • 13 de Julho, 2019

    Cartas dos Leitores

    Vamos entrar para o campeonato em cada jogo para ganhar, nós queremos começar bem, com o pé direito. Como sabem, já temos o calendário.

    Ler mais »

Ver todas »