Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

00 de , 0000
(...) Tal não veio a acontecer e a perspectiva de continuar a caminhada ficou ameaçada. A vantagem conseguida pelos locais, ainda na primeira parte do jogo, acabou por ser determinante para o desfecho da eliminatória a favor do campeão do Egipto, que mesmo sem contar com o apoio considerável do seu público conseguiu deixar pelo caminho o homólogo de Angola.
Miller Gomes , técnico do Kabuscorp do Palanca


Infelizmente fomos obrigados a descartar esta competição porque nos vemos apertados em termos de finanças para a compra dos bilhetes de passagem dos atletas. Os valores que a federação recebeu do Ministério não chega para cobrir os compromissos da modalidade além fronteira.
Yuri Paím, seleccionador nacional de Judo

Já realizamos o campeonato de corta mato no Huambo, 15 quilómetros na Huíla e está marcada uma prova para a província Cuanza Sul. A ideia é levar a modalidade a todo o país todo. Se as estradas estão todas reabilitadas e não havendo condições para se deslocar de avião, os autocarros podem nos levar a todas as províncias (...).
Carlos Rosa , presidente da Federação Angolana de Atletismo

Aceitei que me enganei e aceitei a suspensão, mas foi pesado, primeiro, estar quatro meses fazer um jogo oficial e depois não poder entrar num campo de futebol, não poder ir a lado nenhum e estar quase dois anos sem ir à selecção. Acho que não tem lógica.
Luis Suárez , jogador do FC Barcelona

A PERGUNTA DO DIA
Até que ponto a desistência do ASA no campeonato principal de futebol da Primeira Divisão compromete a direcção?

A direcção do Atlético Sport Aviação sabe das responsabilidades que tem, caso seja mesmo confirmada a desistência da equipa principal na maior cimeira de futebol do país, isso deve obrigar a definir o futuro da equipa e responder perante os sócios e adeptos.
António Viegas , estudante


O ASA enquanto um dos emblemas desportivos mais conhecidos no nosso país faz e sempre vai fazer parte desta grande festa popular, pelo que a direcção tem de fazer tudo o que estiver ao seu alcance para não comprometer tudo o que fez até ao momento pela equipa.
Daniel Pena , motorista

A formação do ASA é das poucas na capital do país que nos últimos anos tem estado a lamentar e a declarar a possível desistência no Girabola devido a problemas de ordem financeira. A suceder é uma vergonha para os actuais dirigentes que tanto lutam para evitar o fim do ASA.
Pedro Gonçalves , estudante


Últimas Opinies

  • 23 de Março, 2019

    Agora que venha o CAN do Egipto!

    Que venha agora o CAN do Egipto! Sim, que  venha o Campeonato Africano das Nações porque a fase de qualificação ficou já para atrás. 

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Estou aqui para trabalhar. É uma realidade nova para mim. Nunca estive em África.

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    Angola est no Egipto

    O país acordou, hoje, na ressaca da explosão festiva resultante da qualificação da selecção nacional de futebol, ao Campeonato Africano das Nações, a disputar-se em Junho e Julho, no Egipto.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Amanh um "tudo ou nada

    Amanhã é uma espécie de Dia D, para nós, e tal fica a dever-se aos ‘’Palancas Negras’’

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Um regresso depois de quase dez anos

    Volvidos quase dez anos, volto a assumir uma missão como enviado especial do Jornal dos Desportos, título para o qual escrevo desde o ano de 1997, e que nesse momento assumo o cargo de editor, depois de já ter sido sub-editor e correspondente provincial.

    Ler mais »

Ver todas »