Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

03 de Abril, 2016
O meu objectivo desde que estou aqui no 1º de Agosto é ganhar jogo a jogo e fazer às contas no final do campeonato, naturalmente, que queremos conquistar o título.
Jumisse , jogador do 1º de Agosto

"A sorte está permanentemente nos meus afazeres. Tenho obedecido rigorosamente à disciplina e à dedicação absoluta ao estudo das distintas variantes do xadrez dinâmico. Isso permite que me mantenha na liderança do ranking entre os angolanos.
David Silva , Mestre Internacional do Progresso Sambizanga

"Costumo dizer que o desenvolvimento de um país passa também pelo desenvolvimento do desporto. (...) Não gosto muito de falar das outras modalidades mas em relação ao futebol precisamos de um treinador de referência, com uma outra visão das coisas. Estes treinadores são mais caros.
Ramiro Barreira , 1º vice-presidente da Federação dos Desportos Motorizados

"Não posso aparecer em nenhum lugar sem que as pessoas manifestem ódio contra mim neste momento. Vou lidar com essa questão do jeito certo e vou lembrar-me porque estou aqui para jogar basquetebol (...)."
D'Angelo Russell , jogador dos Los Angeles Lakers da NBA


A PERGUNTA DO DIA

O assassinato do atleta do Porcelana FC "Zezão" é uma chamada de atenção para o reforço segurança pública nos bairros da cidade capital?


A Polícia Nacional precisa continuar a reforçar a sua vigilância para manter o combate à delinquência nos bairros. A sociedade manifesta-se totalmente revoltada com o triste episódio ocorrido no município da Viana, bairro da Sapú, local onde o futebolista viveu até o dia da sua morte. Foi muito triste o que aconteceu.
João Lourenço , estudante

O órgão máximo de segurança pública do país, no quadro da sua competência em matéria de reforço da segurança da população, sabe quais os mecanismo a aplicar de forma a que casos do género possam ser evitados na nossa sociedade. Penso que oportunamente vai ser esclarecido este caso e tomarem-se amedidas para evitar outros.
João Tchissica , estudante
O Actos bárbaros como este que vitimou o jovem atleta da equipa do Porcelana Futebol Clube do Cazengo "Zezão" devem sempre ser punidos pela Polícia Nacional. Este órgão tem estado a fazer o seu trabalho mas muito ainda há por fazer para continuar a baixar os índices de delinquência sobretudo em Luanda.
António Kussondana, estudante

Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »