Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos leitores

10 de Junho, 2016
Não vou estar no banco de suplentes e não será a mesma coisa, porque os jogadores estão habituados à intensidade fora de campo que coloco neles, a minha ausência muda as coisas. Fui expulso, o clube fez recurso e até agora não sei qual foi o resultado”, disse a lamentar o treinador.
BETO BIANCHI, treinador do Petro de Luanda

É mais um jogo difícil, porque o adversário tem uma equipa forte, aposta na juventude, que tem demonstrado valor jogo após jogo. Vi o jogo do deles contra o Benfica de Luanda e vi um Petro diferente das outras jornadas. Ainda assim, o nosso objectivo é ganhar para reforçar a liderança no campeonato.
DRAGAN JOVIC, treinador do 1º de Agosto

Quero em primeiro lugar agradecer a Deus por me ter concebido saúde para que eu pudesse trabalhar de forma árdua. Segundo, quero agradecer os seus companheiros que nos momentos difíceis sempre estiveram do meu lado e como não devia deixar de ser a minha família.
GILDO SANTOS, base do 1º de Agosto

Difícil foi seleccionar os participantes, porque todos queriam marcar presença no evento, mas informamos que não era possível, uma vez que só podiam ser quatro formações. Deste modo, escolhemos a Escola de Futebol do Zango, duas equipas do Cazenga, no caso o Famosinho, os Dragões da Madeira e a equipa do jovem Guelson.
FRABICE MAIECO, coordenador da Taça Akwá


A PERGUNTA DO DIA
O prémio monetário que a ZAP vai entregar ao campeão do Girabola no âmbito da parceria com a FAF valoriza a competição?


As 16 equipas que fazem parte do campeonato principal de futebol da Primeira Divisão tomaram conhecimento do valor monetário que a operadora televisiva Zap vai oferecer ao campeão nacional. É uma realidade nova que vem despertar a competitividade das equipas da prova. Acácio Cassombe, estudante

O futebol angolano no ranking internacional tem um histórico credível, devido a marca que conseguimos registar durante o mundial da Alemanha, em 2006, e pensamos que esta parceria envolta de valores financeiros entre o Girabola e a Zap assegura o profissionalismo da modalidade. Alberto Flay, relações públicas

O Girabola é das competições futebolísticas profissionais a nível do continente que se investe grandes somas de dinheiro; pensamos que a atribuição de um valor monetário vai de certo modo compensar o esforço financeiro que as equipas fazem. É uma mais-valia para o próprio futebol nacional. Adão Mussungo, artista plástico

Últimas Opinies

  • 24 de Agosto, 2019

    O amiguismo na resciso

    O assunto de momento no nosso futebol, convenhamos, é sem dúvidas o desenlace entre a Federação Angolana de Futebol (FAF) e o técnico Srdjan Vasiljevic, em face de algumas situações que vinham acontecendo e que originou que se estalasse o verniz.

    Ler mais »

  • 24 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Os jogadores aguardaram isso dos dirigentes, para que a motivação crescesse

    Ler mais »

  • 24 de Agosto, 2019

    O sonho dos grupos

    Após as vitórias extramuros nas deslocações à Tanzânia e ao Lesotho, o 1º de Agosto e Petro têm, neste fim-de-semana, a oportunidade soberana de confirmarem a qualificação para última eliminatória de acesso a fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Viemos a público para responder ou esclarecer o que aconteceu.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    O divrcio anunciado

    Não faz ainda muito tempo do anúncio do divórcio, entre o órgão reitor do futebol nacional e o então seleccionador nacional de honras, o sérvio Srdjan Vasiljevic, que ontem deixou o país.

    Ler mais »

Ver todas »