Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos leitores

17 de Agosto, 2016
Vamos continuar a patrocinar essas iniciativas. O desporto está intrinsecamente ligado à política, achamos que deveríamos realizar o torneio em virtude da realização do Congresso Extraordinário do MPLA. Estamos satisfeitos, porque a prova ultrapassou todas às expectativas.
SILVESTRE KISSARI, PCA da Crisgunza

As primeiras oportunidades não foram concretizadas em golos, sobretudo a aquela que tivemos na primeira parte, pois acredito que de tivéssemos marcado aquele golo, ganharíamos o jogo. Foi mérito do adversário, porquanto nós poderíamos definir a partir daquele momento a situação do jogo.
ALBANO CÉSAR, treinador do Progresso do Sambizanga.


Murray me disse que eu merecia, que reconhecia o quanto eu tinha sofrido. Demos um abraço muito sincero. O ouro dele foi bastante merecido. A minha medalha também é como um ouro para mim. Agora estou a entender tudo que gerei nestes 10 dias. Ainda não posso acreditar.
JUAN DEL POTRO, tenista argentino.

Pensei seriamente em deixar a selecção, mas o meu amor ao meu país e à sua camisola é tão grande. Vejo que há muitos problemas no futebol argentino e não quero criar mais nenhum. Não quero causar danos, sempre defendi o contrário, e quero ajudar em tudo o que puder. Há que mudar muitas coisas no futebol argentino.
LIONEL MESSI, argentino ao serviço do Barça.

A PERGUNTA DO DIA
O que podemos esperar do clássico de Calulo entre o Libolo e o 1º de Agosto para o Girabola?

Penso que a luta entre estes dois colossos do Girabola não termina agora. As duas equipas ainda nos vão proporcionar muita festa. O Libolo apesar de não conseguir superar a equipa militar nos pontos, ainda está em condições para vencer este Girabola. Caminhamos bem com os 43 pontos.Heli Marcos, estudante.

Eu aposto na equipa do 1º de Agosto, porque tem jogadores mais experientes e tem conseguido se manter na liderança do Girabola. Apesar do esforço que o Libolo tem feito, nunca conseguiria colocar-se acima dos militares porque este título já é nosso.Lili Bento, funcionário público.

É um clássico interessante em que podemos esperar muita coisa. Isto é desporto e tudo pode acontecer. Tanto o Libolo e o D'agosto estão em condições de chegar ao título. O que vai acontecer é que aqueles que cometerem menos erros nas jogadas, passarão na frente da classificação. Adão Domingos, funcionário público.

Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »