Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

26 de Agosto, 2016
Ambicionamos o regresso ao Girabola. Temos uma equipa equilibrada em todos os sectores.
João Pintar , treinador do Bravos do Maquis

Estávamos bem com três vitórias, infelizmente, perdemos com o 1º de Maio. Estamos todos tranquilos e focados nos nossos objectivos. A derrota está esquecida, vamos trabalhar para atingir as metas traçadas pela direcção do clube.
Chora, defesa do Interclube

Se pudéssemos disputar todos os nossos jogos fora de casa, talvez estivéssemos com uma classificação muito melhor da actual. A equipa acusa muita responsabilidade quando joga em casa e diante do seu público, ao contrário do que produz quando joga fora.
Ivo Traça, treinador do Desportivo da Huíla

O meu sonho é ganhar mais títulos, atingir o patamar mais alto da minha carreira e deixar uma recordação neste clube. Quero terminar a minha carreira a conquistar títulos. Se tivesse uma oportunidade para jogar pela selecção de Angola, também não era problema.
Etah Michel, internacional camaronês do Petro de Luanda


A PERGUNTA DO DIA
DEPOIS DOS ÚLTIMOS RESULTADOS O KABUSCORP DO PALANCA AINDA PODE SER CONSIDERADO CANDIDATO AO TITULO DO GIRABOLA?


Penso que o Kabuscorp do Palanca estando na quarta posição da tabela de classificação não tem qualquer hipóteses de arrecadar este título do Girabola. A não ser por um milagre, o que também acho difícil de acontecer. Esta equipa tem vontade de atingir o topo desta competição mas terá que fazer muito para isso.
Manuel Salvador, funcionário privado

Honestamente, para mim é muito pouco provável. Por mais que esta equipa lute, o Girabola tem na frente dois grandes colossos do nosso futebol, o 1º de Agosto e o Recreativo do Libolo e acho muito difícil o Kabuscorp passar à frente dessas formações. Ainda assim ,não deve desistir de sonhar.
Rosário Faustino, estudante

No desporto e principalmente no futebol, tudo é possível. Por mais que seja dura a batalha nunca devemos desfalecer e dizer não conseguimos atravessar esta ou aquela barreira. O Kabuscorp do Palanca já esteve na liderança desta competição em outras edições e com mais trabalho pode sim conseguir o mesmo feito.
Ervin Chaves, estudante

Últimas Opinies

  • 22 de Agosto, 2019

    O divrcio anunciado

    Não faz ainda muito tempo do anúncio do divórcio, entre o órgão reitor do futebol nacional e o então seleccionador nacional de honras, o sérvio Srdjan Vasiljevic, que ontem deixou o país.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    Corrigir o mal no futebol (I)

    A semana passada terminei o artigo com a seguinte sentença: “(…) é importante mudar de estratégia

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    Mais um falso arranque do Interclube

    Para o desalento dos prosélitos do futebol sénior masculino, as cortinas do Girabola Zap, versão 2019/20, foram descerradas com máculas na jornada inaugural que, mais uma vez, põem em causa a capacidade organizativa da Federação Angolana de Futebol (FAF), que parece apostada numa competição em que é premiada a instituição que mais erros comete ao longo do “consulado”.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O pas dos amigalhaos

    Foi recentemente anunciada a rescisão contratual do treinador Srdjan Vasilevic com a Federação Angolana de Futebol.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

Ver todas »