Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

04 de Outubro, 2016
São passados 150 dias, desde que entrámos para este clube. E, por aquilo que encontrámos ou estamos a viver hoje, satisfaz-me. Acredito que me
sinto bem acompanhado, e a mensagem que transmitimos tanto para a massa associativa como para os trabalhadores e técnicos em particular, penso que foi bem acolhida.
Jacques da Conceição, presidente do Benfica do Lubango

Após a TAAG deixar o patrocínio, os problemas financeiros agudizaram-se. As empresas indicadas para cobrir o vazio, não cumprem e em função
disso, as dificuldades financeiras aumentam cada vez mais.
Elias José, presidente reeleito do ASA.

É necessário que a formação seja efectivada, para se beber mais conhecimentos e ganhar algum traquejo no capítulo profissional, apesar das dificuldades financeiras que o país vive .
Mário Soares, treinador de futebol.

O prémio não é somente do Igor, mas de todos. Desde a realização do Campeonato Nacional que não tivemos um confronto com equipas de Luanda, em particular, com o Benfica de Luanda. As três etapas foram difíceis.
Igor Silva, ciclista da Jair Transportes de Benguela.


A PERGUNTA DO DIA
A modalidade de esgrima tem potencial para impor-se no panorama desportivo angolano?


Não duvido. O esgrima começou a despontar com força, cá em Angola. Podemos encontrar no clube do Gamek , onde há várias crianças e adolescente a praticar, para além de seniores que militam no exterior do país. Penso que só falta apoios, para que se criem mais condições de treinos. Felícia Bungo, funcionária pública

Penso que sim. É uma modalidade que está a despertar a atenção de alguns jovens. A disciplina já esteve nos Jogos Africanos de Brazzaville, e fez boa figura, embora, não conseguisse medalhar. Deve-se prestar mais atenção, com apoios financeiros para a sua sustentação.Manuel Domingos, estudante.

A modalidade está ainda em embrião no país, dela pouco se ouve e fala, ainda. Mas acredito que possa impor-se no panorama desportivo angolano. O nosso público está habituado às modalidades grandes, como futebol, andebol ou basquetebol. É preciso muito trabalho para se firmar e conquistar o público angolano. Sérgio Valentim, funcionário privado.

Últimas Opinies

  • 18 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Temos de nos preparar bem para o jogo que será decisivo e estou convicto que iremos fazer este trabalho em conjunto, não temos muito tempo, agurada-nos um trabalho sério contra uma selecção que perdeu todas as partidas.

    Ler mais »

  • 18 de Março, 2019

    L se foi o sonho...

    O Petro de Luanda, até ontem o único sobrevivente angolano nas Afrotaças, não conseguiu evitar a derrota frente ao Gor Mahia FC do Quénia, em Nairobi, num jogo em que estava “condenado” a não desperdiçar, na totalidade, os pontos em discussão.

    Ler mais »

  • 18 de Março, 2019

    Os estreantes e o ritual de integrao

    Igor Vetokele regressa aos Palancas Negras, depois de muito tempo.

    Ler mais »

  • 16 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Eu já vi três vezes o jogo, muito sinceramente deu para ver alguma coisa na atitude e reacção de certos jogadores.

    Ler mais »

  • 16 de Março, 2019

    Operao Botswana

    A Selecção Nacional de futebol em honras concentra-se amanhã, a noite, tendo em vista a derradeira jornada do Grupo I da campanha para o Campeonato Africanos das Nações deste ano, a decorrer entre 21 de Junho e 19 de Julho no Egipto.

    Ler mais »

Ver todas »