Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

17 de Outubro, 2016
Angola deveria oferecer jogos muito grandes e vistosos, em termos de organização, mas os países produtores de petróleo ficaram afectados com a baixa do preço do petróleo. Apesar das dificuldades, o Presidente da República decidiu que Angola deve organizar os Jogos dentro das condições que dispõe, para não quebrar a ordem de organização e a regularidade.

Albino da Conceição, ministro da Juventude e Desportos

O quadro do nosso futebol não é agradável. Temos de trabalhar muito. Queremos prestar atenção ao escalão de juvenis. Pôr o futebol angolano no topo do continente africano. O nosso lema é servir o futebol e a Nação.


Artur de Almeida, candidato à presidência da FAF

Estava muito quente, e isso afectou os jogadores, mas sabíamos que era assim. Estamos cada vez mais abaixo, e acredito que com a derrota atiramos a toalha ao tapete. Cinco derrotas consecutivas são inadmissíveis.

Hélder Teixeira, treinador do 1º de Maio de Benguela

A PERGUNTA DO DIA
O estágio da selecção de basquetebol em juniores nos Estados Unidos será benéfico com vista os Jogos da SADC?


O estágio foi bem pensado, porque a equipa tem trazido alegrias para o país, deve beneficiar de uma preparação forte, para ver se consegue mais um feito inédito na competição da SADC. Por outro lado, penso que os EUA é muito longe para o estágio, que podia ser feito noutro país.

Manuel Garcia, f
uncionário privado


A preparação de uma selecção conta muito para os resultados que se pretendem. Será de grande valia a saída desses atletas, só acho um exagero fazê-lo nos Estados Unidos, quando temos boas referências do basquetebol em países mais próximos. Penso que vão gastar muito dinheiro indo aos EUA.

Matumona Lutonádio, barbeiro



Sim, será benéfico. É bom, que as entidades de direito trabalhem para que isso se consuma, e não fiquem pelo caminho por causa de dinheiros, dado o facto de ser nos EUA. Um estágio pré-competitivo pode levantar a auto- estima dos atletas, e dar outra dinâmica ao grupo.
Lourenço Bula , funcionário privado

Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »