Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

27 de Junho, 2015
Esta é uma questão de fácil resolução, eu posso afirmar sem medo de errar que até já deveria estar resolvido há muito tempo, mas o grande problema é que o Keita fica sempre incontactável, quando queremos realizar a audiência em que ele tem de apresentar a sua versão”
CARVALHO NETO , presidente do Conselho de Disciplina da FAF

Foi uma época que podemos considerar positiva, dos três objectivos a que nos propusemos conseguimos dois, que foram: vencer a Taça dos Clubes Campeões Africanos e a Taça de Angola. Não foi possível vencer o BIC Basket, embora, a equipa tudo tenha feito para que isso acontecesse”
RUI CAMPOS , presidente do Recreativo do Libolo

O meu desejo é que nessa conferência, saiam elementos fundamentais que se repercutam na base, porque se continuarmos a pensar fazer as coisas apenas no topo e esquecermos a base, não temos muito por onde ir. Há que se rever muito a questão dos espaços para a prática do futebol a nível das comunidades”
FRANCISCO FURTADO , ex-vice presidente do 1º de Agosto

É sempre motivo de grande satisfação representar as cores do país. Vou procurar trabalhar cada vez mais, porque tenciono disputar o meu primeiro campeonato africano, mas para tal, tenho consciência que devo trabalhar de forma árdua para constar dos 12 aletas que vão disputar o certame
EDMIR LUCAS , basquetebolista da Selecção Nacional


A PERGUNTA DO DIA
Que mecanismo de entendimento deve adoptar-se, para a resolução da discórdia que paira no ASA, relativamente à saída do técnico da sua equipa principal de futebol?


A experiência, que a direcção do clube aviador ostenta ao longo de muitos anos de gestão desportiva, serve de ponto de partida aos responsáveis, para que saibam eliminar a imagem que o ASA mostra após a saída do técnico principal da equipa de futebol. Manduala Simão , atleta de andebol

O diálogo permanente entre a direcção, equipa técnica, sócios e até mesmo adeptos deve ser, o único mecanismo de entendimento para que possam resolver o clima tenso, que paira na equipa aviadora. Jocelina Yanda , atleta de andebol

A humildade, deve ser dos pilares assentes entre as partes em discórdia, pois acredito que saber ouvir para depois falar é uma ferramenta útil, para se ultrapassar esse cenário, por outra é necessário, que os psicólogos afectos ao clube possam ajudar os dirigentes a resolver o caso. Manuela Mateta , jogadora de andebol


AVALIAÇÃO JD

GONÇALVES MUANDUMBA
Ministro da Juventude e Desportos=Positivo

A Conferência Nacional sobre o futebol, que hoje encerra os trabalhos, congrega esforços para tirar a modalidade do estado frágil em que se encontra. Os delegados são unânimes em reconhecer o trabalho do Minjud, à procura de soluções, com o fito de colocar o futebol num outro patamar, com novo modelo de desenvolvimento.

PORTING DE CABINDA
Equipa do Girabola=Negativo

O Sporting de Cabinda surpreende, tanto no aspecto competitivo como na gestão do clube. A saída de Albano César do comando técnico da equipa, criou um certo vazio, que a direcção do clube resolveu agora preencher com a contratação de um treinador da RDC, numa altura em que o clube não está bem financeiramente.

Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »