Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinião

Cartas dos Leitores

16 de Julho, 2017
Passar à fase de grupo, era um objectivo a atingir. Agora, vamos para os quartos -de -final onde vamos defrontar o TP Mazembe. É outro futebol, mas pronto, estamos no topo de África. O TP Mazembe é uma equipa muito conhecido.
Rui Campos , presidente do Libolo

Trabalhamos durante a semana para ver se ganhamos o jogo. Estamos a pecar muito na finalização, no jogo passado marcamos um golo no final do desafio, e esperamos que diante do Desportivo as coisas sejam diferentes. É importante fazer mais golos.
Buá, médio do 1º de Agosto

O futebol é assim, é uma caixinha de surpresas. Nunca esteve nos nossos planos
essas derrotas consecutivas, pelos mesmos resultados, nas duas ultimas jornadas. Nunca ninguém entrou em campo para perder. Aconteceram as duas derrotas, uma em casa e outra fora . Não atirámos a toalha ao tapete, pelo contrário.
René , jogador do Progresso Sambizanga

Temos o mesmo sponsor. Isso não implica que devemos fazer concertações. Somos do futebol e para o bem da modalidade, nunca fizemos combinações. Somos duas equipas do Girabola com obrigações de
dignificar o futebol e principalmente o público que irá assistir o jogo.
Mário Soares, treinador do Desportivo da Huíla

Últimas Opiniões

  • 22 de Julho, 2017

    Clima desanuviado

    O regresso ao Estádio 11 de Novembro pode marcar a época de êxitos, que se deseja  ao conjunto nacional. Angola está engajada em duas fases, a primeira, referente à corrida à fase final do CHAN, e a segunda, que decide o apuramento para a prova dos Camarões, e os Palancas Negras devem mostrar.

    Ler mais »

  • 22 de Julho, 2017

    Imagem do dia

    Ler mais »

  • 22 de Julho, 2017

    Imagem do dia

    Ler mais »

  • 21 de Julho, 2017

    O silêncio da federação!

    A menos de 24h00 para a realização da final do Campeonato Africano da Nações de basquetebol masculino, na categoria de Sub-16, prova que decorre nas Ilhas Maurícias, os amantes da \\\"bola ao cesto\\\" e não só, continuam a espera das explicações da direcção da Federação Angolana de Basquetebol (FAB).

    Ler mais »

  • 21 de Julho, 2017

    Cartas dos Leitores

    O Girabola não pode parar 40 a 60 dias. Quem consegue dar uma explicação? O problema está na fragilidade e no amadorismo dos clubes que aceitam de uma forma passiva, que os seus atletas fiquem um mês fora do clube, e depois pagam salários.

    Ler mais »

Ver todas »