Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

28 de Junho, 2015
Infelizmente, a viagem já não acontece domingo (hoje), como inicialmente estava previsto, mas no domingo, dia 5 de Julho.”
Eurico Araújo “Boneco” , vice -presidente para as selecções nacionais da FAB

Ouvimos falar em laboratório e direccionámo-lo para as questões mais de medicina e coisas do género, mas esse tipo de laboratório é multidisciplinar, responde também de alguma maneira à área de informação e análise do treino, adversários, scouting, potencia os atletas e outras áreas que atendem uma equipa de futebol.”
Miller Gomes , treinador

No nosso mercado é muito difícil encontrar estas posições (guarda-redes e avançados). Temos de recorrer fora. Infelizmente, não conseguimos. Estamos fartos de falar que o CDH é uma equipa modesta, que depende também de alguns patrocínios.”
Ivo Traça, técnico do Desportivo da Huíla


O Pogba seria uma grande contratação. É um jogador muito forte, jovem e gostaria de vir. Tenho uma boa relação com o agente dele, Mino Raiola, se quisermos contratá-lo seria um interlocutor válido”.
Laporta, candidato à presidente dos “blaugrama”


A PERGUNTA DO DIA

Quais os ganhos que os empresários terão no que toca a um eventual apoio aos Palancas Negras?


Os empresários sabem que o Governo angolano tem uma lei que isenta determinados impostos, pelo que podem, perfeitamente, tirar partido desta vantagem apoiando o desporto naquelas necessidades de que se carece algum investimento, e os Palancas Negras podem também tirar proveito.
António Dragão, atleta de andebol

Os homens de negócios do nosso país têm conhecimento de que só o apoio do governo não basta para acudir as necessidades que a Selecção Nacional de futebol de honras e outras selecções das mais variadas modalidades enfrentam. Por este motivo espero que possam ajudar no que for preciso e beneficiarem de alguns incentivos em troca.
Florêncio dos Santos, atleta de andebol

A classe empresarial tem muito a ganhar, pelo facto de em primeiro lugar estar a cumprir com um dever patriótico, porque a selecção é de todos nós, e depois porque a marca da sua empresa estará sempre exposta durante aos jogos que os Palancas realizarem. Penso que ganham muito apoiando.
Domingos Augusto, estudante


AVALIAÇÃO JD

EUFRAZINA MAIATO
Membro do COA- Positivo -
Com a frontalidade que lhe é reconhecida, a ex-vice-presidente da FAF para o futebol feminino, não teve receio de apontar as razões do fraco desenvolvimento do futebol feminino no país. Eufrazina Maiato, actual membro do COA, evocou a falta de projectos, a indisponibilidade de verbas e a fraca aposta do órgão reitor, como factores determinantes.
ORLANDO GRAÇA
Seleccionador Nacional - Negativo -
Não obstante ter voltado a falhar o objectivo no mundial, depois do fracasso de há dois anos, no país, o seleccionador nacional de hóquei em patins revela alguma arrogância. Orlando Graça, não se sabe por que carga de água, pediu aos jogadores para não falarem à comunicação social, como se a imprensa fosse culpada dos desaires do “cinco” nacional.

Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »