Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

03 de Setembro, 2017
O grupo de uma maneira geral está bem, por isso, vamos aproveitar estes últimos dias para acertar todos os detalhes, antes da viagem para o palco da competição.
MANUEL SILVA \"GI\", seleccionador de basquetebol masculino

No futebol sempre existe um risco. Um profissional sabe que existe um risco, porque vivemos de resultados, e isso, está claro. Às vezes, fazemos tudo bem, trabalhamos da melhor maneira possível, mas se os resultados não surgem, o trabalho é esquecido. Sabia disso?
BETO BIANCHI , treinaor dos Palancas Negras

Não quero contratar nenhum jogador por 100 milhões de euros, ainda que tivéssemos esse dinheiro. É algo que não planeamos. Acredito, que nenhum jogador do mundo vale 100 milhões de euros. Demos conta muito cedo das dificuldades que envolviam a contratação de Neymar.
ULI HOENESS , presidente do Bayern de Munique

Estou ansioso por começar a jogar. Tenho uma pequena lesão muscular, e vou recuperar para estar apto a jogar, o mais rápido possível. Sei que o Marselha é o único clube francês, que já ganhou a Liga dos Campeões, e por isso, é uma boa equipa para jogar.
KOSTAS MITROGLOU, nova aquisição do Marselha

Últimas Opinies

  • 15 de Dezembro, 2018

    Honremos as nossas glrias

    Afigura-se sempre pertinente falar ou escrever sobre ex-atletas, de qualquer modalidade, que num passado recente deram o seu melhor, contribuindo para a evolução da mesma e, também para que o País alcançasse glórias no contexto continental e internacional.

    Ler mais »

  • 15 de Dezembro, 2018

    Citaes

    Normalmente quando se ganha não se pode mexer, quando se mexe é porque alguma coisa não está bem. Os jogadores estão bem e vamos aproveitar esse bom momento.

    Ler mais »

  • 15 de Dezembro, 2018

    Boa prenda de Natal

    Angola posicionou-se no lugar mais alto do pódio, no Campeonato Africano de andebol sénior feminino que a cidade de Brazzaville albergou, e  serviu, também, para apurar os representantes do continente ao próximo Mundial da categoria.

    Ler mais »

  • 13 de Dezembro, 2018

    O exemplo que nos faz falta(fim)

    Angola e Portugal poderiam cooperar enviando por um período professores de educação física, que o físico dos angolanos ia ficar grato por gerações e gerações a viver desse embalo.

    Ler mais »

  • 13 de Dezembro, 2018

    CAF e a pedra no sapato

    Em 1996 o Quénia renunciou à organização do Campeonato Africano das Nações, por alegada falta de condições ideais para o efeito. Sendo assim, a África do Sul, que se preparava para acolher a edição de 1998, assumiu o desafio, e, acto ,contínuo,  o Burkina Faso, candidato à edição de 2000, teve de acelerar as obras para receber a prova de 1998.

    Ler mais »

Ver todas »