Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

11 de Novembro, 2017
Em função disso, naturalmente aproveitamos aqui fazer um apelo ao civismo e ao fair play. Gostaríamos que essa organização fosse coroada de êxito.
ARTUR DE ALMEIDA , presidente da FAF

Durante a época futebolística, tivemos os chamados altos e baixos. Em algumas circunstâncias não estivemos bem. Sabem, que o factor económico -financeiro é muito importante para uma competição e nós atravessamos essa situação crítica.
ALBANO CÉSAR , treinador do Progresso da Lunda Sul

É claro, que será natural sentir alguma pressão em Valência, com tanta coisa em jogo, mas honestamente houve pressão, durante toda a segunda parte da temporada. E, o facto de termos sido capazes de fazer a gerência de algumas situações complicadas, como foi o caso, na última corrida na Malásia.
MARC MÁRQUEZ , piloto da MotoGP

O joelho está bom, estou a trabalhar duro para recuperá-lo, e agora será o momento de provar. Treinei na Arena O2, para ver como serão os próximos dias. Poucas coisas são garantidas nesta vida, desgraçadamente, apenas uma. Mas estou aqui, em Londres, para jogar.
RAFAEL NADAL, tenista número 1 da ATP

Últimas Opinies

  • 18 de Outubro, 2018

    Principal objectivo est a ser cumprido

    Apesar da derrota diante da Mauritânia, na passada terça feira, em minha modesta opinião, a Seleção Nacional de Honras, Palancas Negras, está no bom  caminho, em função do nosso histórico nos últimos oito anos.

    Ler mais »

  • 18 de Outubro, 2018

    Citaes

    Agradeço a Angola Telecom a oferta de 650 mil UTT de saldo, que me permite comunicar.

    Ler mais »

  • 18 de Outubro, 2018

    Tudo complicado

    A derrota averbada pela Selecção Nacional de futebol, na terça-feira, em Nouakchott, convida-nos a um exercício matemático sobre as possibilidades que restam para a qualificação ao Campeonato Africano das Nações de 2019, nos Camarões. Dizer que a qualificação passa, por ora, a ser uma miragem, pode infundir algum pessimismo exacerbado. Mas, aferir que ela ficou um pouco comprometida, não seria nenhuma mentira.

    Ler mais »

  • 15 de Outubro, 2018

    Pelo desporto adaptado!

    Nda kukuete cimue ñe watungila ondjo? As manhãs de 1 de Janeiro foram as mais divertidas de sempre e de rica memória para mim. Cançonetes bem harmoniosas, executadas por gentes que não fazíamos ideias de onde vinham, acordavam-nos e davam-nos a boa disposição para começar o ano. 

    Ler mais »

  • 15 de Outubro, 2018

    Herv Renard basta!

    O País nunca engoliu a saída abrupta do treinador francês Hervê Renard, por falta de pagamento dos seus salários. Para os dirigentes do futebol nacional, deixar um treinador ou jogador com dois ou três meses de salário é normal.

    Ler mais »

Ver todas »