Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

03 de Setembro, 2018
Fizemos a nossa parte e poderíamos ter feito muito mais, se nos deixassem. Em relação a verdade desportiva, já falei várias vezes. Não pretendo prejudicar e nem acusar ninguém, mas não posso fechar os olhos a ver coisas desagradáveis. Acho que tento dar uma ajuda, para que melhorar o nosso futebol.
BETO BIANCHI, técnico principal de futebol do Petro de Luanda


Nessa altura, o trabalho físico já não é muito importante, o táctico também, é mais relembrar, fazer trabalhos visuais nestes aspectos e conversarmos muito com os nossos jogadores, em elação a ansiedade, a motivação e dizer que, a qualquer momento, o golo pode aparecer e resolver o jogo.
IVO TRAÇA, treinador-adjunto da equipa de futebol do 1º de Agosto


O futebol é jogador dentro e fora das quatro linhas, e foi aí que Cristiano Ronaldo ganhou. Marcou 15 golos, levou o Real Madrid nas costas e à conquista da Liga dos Campeões mais uma vez. É, pura e simplesmente, ridículo. E a questão não está o vencedor, que é o melhor na sua posição.
JORGE MENDES, empresário do futebolista português Cristiano Ronaldo

Já tivemos pior. Digo isso, porque já chegamos a correr 6 a 7 motos. Muitos pararam por falta de assistência, porque o país entrou numa fase de crise e as pessoas não conseguiam adquirir material. Os pneus compramos fora do país ou bem dizer o que a gente precisar tem que vir do estrangeiro.
VICTOR BARROS, piloto de automobilismo pelo Team do Cuanza-Sul

Últimas Opinies

  • 07 de Abril, 2021

    Ida ao Mundial marcou o futebol

    Em 2018, a nossa selecção de futebol adaptado trouxe-nos o primeiro troféu de cariz Mundial, ao vencer o campeonato do Mundo.

    Ler mais »

  • 07 de Abril, 2021

    Ganhos que podem ir ao ralo

    A circulação de pessoas e bens, apesar das dificuldades das estradas, faz-se com segurança.

    Ler mais »

  • 05 de Abril, 2021

    Um toque ao desenvolvimento

    O país comemorou ontem mais um ano de paz. Foi a 4 de Abril de 2002 que a Nação angolana presenciou a cerimónia que marcou o fim de um período de guerra que deixou inúmeras cicatrizes.

    Ler mais »

  • 05 de Abril, 2021

    Os ganhos da nossa vaidade

    Ao assinalarmos 19 anos, desde que o país começou a desfrutar do alívio que só a paz proporciona, não há como não reconhecer os ganhos havidos no sector desportivo neste lapso de tempo.

    Ler mais »

  • 05 de Abril, 2021

    Um retrocesso em alguns casos

    O desporto foi o grande embaixador do país, algumas modalidades assumiram-se como verdadeiros porta-estandartes, dado os feitos protagonizados por algumas selecções nacionais.

    Ler mais »

Ver todas »