Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

10 de Junho, 2019
Creio que se fossemos mais agressivos e contundentes em casa, onde perdemos 13 pontos, teríamos um aproveitamento melhor. Hoje, estaríamos muito mais orgulhosos e em outras lutas, embora, não fosse este o nosso objectivo inicial. Mas, de jogo em jogo, fomos prometendo, que poderíamos fazer mais e melhor.
MÁRIO SOARES, treinador do Desportivo da Huíla

Portugal joga sempre para ganhar, mas penso que já ganhámos em termos de projecção internacional. O simples facto de Portugal, uma vez mais, afirmar a sua presença no Desporto, como em outras áreas de actividade, um pouco por todo o mundo, por razões muito diversas, tal é marcante.
MARCELO REBELO DE SOUSA, presidente de Portugal


Felizmente, temos 90 por cento de jogadores, com os contratos em vigor. Acertamos com aqueles, que não tinham ainda os acordos definidos. Nos próximos dias, vamos fechar esses contratos. Tudo está bem encaminhado. Favorável ou desfavoravelmente, temos de ser coerentes e ter a noção de onde estamos, e o que podemos fazer
ARTUR BARROS, vice-presidente do Petro de Luanda


O Ole faria melhor em gastar 30 ou 40 milhões em jogadores com potencial, e construir o plantel em torno de cinco ou seis jogadores.Podes contratar jogadores como Ronaldo, Messi, Sergio Ramos ou Bale, mas isso vai custar-te 350 milhões, e depois ganhas dois anos e perdes todo esse dinheiro
WAYNE ROONEY , antigo jogador do Manchester United

Últimas Opinies

  • 17 de Junho, 2019

    Perguntem a Qatar Airways ... se eu que me gabo!

    A Qatar Airways, uma das mais prestigiadas companhias aéreas do mundo e a que mais cresce actual e anualmente, com sede no emirado do oriente médio, apoia com muito orgulho uma ampla.

    Ler mais »

  • 17 de Junho, 2019

    A falta de patins

    A província da Huíla, que se assume como um viveiro de várias modalidades desportivos no país, como o atletismo, tiro aos pratos, karting, futebol, isto só para citar algumas, enfrenta hoje um verdadeiro dilema, no que diz respeito a massificação do hóquei em patins.

    Ler mais »

  • 17 de Junho, 2019

    Palancas: prmios, direitos e patriotismo

    A questão que emergiu agora em Portugal, em tornos dos Palancas Negras, que reclamavam prémios, só acertado à ultima da hora, não é de hoje.

    Ler mais »

  • 17 de Junho, 2019

    Que o Egipto nos ajude!...

    Uma década depois, os Palancas Negras voltam ao Egipto. Sob orientação de Oliveira Gonçalves, com então estatuto de mundialista, o "onze nacional" não foi capaz de se qualificar para outra fase. A presença naquele país assinalava o regresso dos Palancas Negras ao Campeonato Africano das Nações (CAN), cumprindo seis anos de ausência. Foi um CAN memorável, apesar do resultado não ter sido digno de um mundialista

    Ler mais »

  • 15 de Junho, 2019

    Histrico apagado

    Hoje, neste espaço de opinião “A duas mãos”, nos propusemos a falar do Atlético Sport Aviação (ASA), um clube histórico, que movimenta particularmente o futebol e cuja existência remonta desde 1 de Abril de 1953.

    Ler mais »

Ver todas »