Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

09 de Agosto, 2015
Ele sofreu a fractura de um osso do pé e completa seis semanas desde a cirurgia, ele já está em condições de fazer parte da equipa.”
Abel Sanz , médico da equipa do futebol do 1º de Agosto

“O andebol espanhol é muita coisa. Só quem está lá, sabe que é uma coisa única. Jogar em Espanha é muito diferente! É muito espectáculo, bonito, o pavilhão cheio de pessoas a torcer pela equipa que melhor estiver a jogar. É lindo, só vendo, se falar ninguém acredita.”
Isabel Guialo, andebolista angolana em Espanha

“Um dos meus grandes objectivos é ajudar a equipa a conquistar pontos em todos os jogos. Quero estar sempre disponível para qualquer jogo. O importante é vencermos os jogos, porque estamos numa boa fase do campeonato.”
Kialunda, defesa central do ASA

“Sempre disse, que precisa de ter uma certa experiência, mas Hamilton garantiu-me que já conduziu algumas. A nossa moto não é das mais difíceis, mas precisa de uma redução de potência e emprestá-lo.”
Valentino Rossi, piloto italiano de MotoGP


A PERGUNTA DO DIA

Quais os benefícios que se podem reter da decisão para um melhor acompanhamento médico aos atletas?


O Executivo tem levado a cabo muitas políticas, que visam a melhoria de vida dos angolanos. Uma delas, é o investimento na área da saúde, mas é preciso, que cada um faça a sua parte. Neste caso particular, cabe às Federações regulamentarem isso, os clubes cumprirem com o que são as regras para a salvaguarda da integridade física dos atletas.
Pedro Chipalanga, agente relações públicas

O optimismo da família desportiva é cada vez maior, quanto à melhoria das condições pelos clubes, para que situações negativas não tomem conta do desporto. A prática do desporto faz-se com atenção aos atletas e a componente médica e medicamentosa não pode ser descurada pelos clubes, em nenhum momento. É preciso exigir, que os clubes actuem, dentro de uma determinada norma.
Sadão Jorge, estudante

Aproveito a ocasião para dizer que cada equipa, Selecção ou Federação tem de ter um grupo de especialistas do ramo da saúde, para atender qualquer tipo de situação que ocorra com os atletas ou até mesmo com dirigente e público, quando estamos numa actividade de carácter desportiva. Não podemos continuar a negligenciar as coisas que são indispensáveis sob pena de consequências dramáticas.
Manuel de Carvalho, estudante


AVALIAÇÃO JD


ZECA AMARAL
Treinador do Benfica - Positivo - O Benfica de Luanda, não desiste de lutar, pela primeira posição do Girabola2015. Na sexta-feira quando todas as contas indicavam uma derrota dos “encarnados”, a equipa deu à volta a desvantagem de 2-0, fixou o resultado em 3-2. Zeca Amaral e pupilos mantêm a perseguição impiedosa ao Libolo.

CARVALHO NETO
Presidente CD da FAF - Negativo -
A Federação Angolana de Futebol, parece ter só a mão esquerda, que utiliza sem qualquer receio para punir os pequenos clubes do Girabola. A atitude dos adeptos da Académica não é de se aplaudir, mas é criticável a facilidade do Conselho de Disciplina da FAF em punir os “menores”.




Últimas Opinies

  • 21 de Março, 2019

    Um regresso depois de quase dez anos

    Volvidos quase dez anos, volto a assumir uma missão como enviado especial do Jornal dos Desportos, título para o qual escrevo desde o ano de 1997, e que nesse momento assumo o cargo de editor, depois de já ter sido sub-editor e correspondente provincial.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    A eliminao do Petro e o tal patriotismo

    Terminada a participação Petro de Luanda, na Taça Nelson Mandela, é normal que por esta altura, esteja a ser feita uma profunda reflexão em torno da participação na referida competição africana, nos mais diversos aspectos que ela comporta, sem descorar, portanto, a (des) continuidade do técnico Beto Bianchi, que mais uma vez não conseguiu o troféu de uma competição em que esteve envolvido. 

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Palancas Negras de olhos no Egipto

    A Selecção Nacional de futebol honras, vulgo Palancas Negras, só depende de si para chegar à fase final do Campeonato Africano das Nações (CAN) de 2019, que vai ser disputado no Egipto.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Procuramos fazer tudo para vencer o jogo, mas não conseguimos, porque o adversário  (Recreativo do Libolo) foi competente e inteligente, assim como conseguiu aproveitar as nossas falhas defensivas e, em lances de bolas paradas, marcaram os dois golos.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Zebras para domar...

    A Selecção Nacional de futebol de honras, às ordens do sérvio Srdjan Vasiljevic, decide amanhã, em Franciston, Botswana, a qualificação para o Campeonato Africano das Nações (CAN), que o Egipto acolhe de 19 de Junho a 21 de Julho deste ano.

    Ler mais »

Ver todas »