Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

24 de Agosto, 2019
Faltou uma energia recíproca. Os jogadores aguardaram isso dos dirigentes, para que a motivação crescesse. Se estivéssemos a puxar todos para a mesma direcção, aí teríamos a sorte que faltou. Mas uns remavam para frente e outros para trás. Nem a sorte nos serviu. De qualquer forma, estou orgulhoso e grato por ter trabalhado em Angola.
SRDJAN VASILJEVIC, ex-seleccionador dos Palancas Negras


Vamos ter que nos empenhar a fundo, para podermos ganhar o jogo e passarmos a eliminatória. Como disse, é um adversário que sabe jogar, gosta de ter posse de bola, tem critério de jogo, então temos que trabalhar bem, na medida em que também já conhecemos melhor a equipa do KMKM.
IVO TRAÇA , técnico adjunto da equipa do 1º de Agosto


Quem rescindiu comigo foram eles, colocaram-me no desemprego, mas nunca aceitaram pagar. Eu até poderia ter ido mais longe, poderia por exemplo pedir uma indemnização, pela maneira como me trataram, mas só estou a exigir os valores que estavam no contrato, nada mais do que isso.
NZUZI ANDRÉ , antigo treinador do 1º de Maio de Benguela

Estamos preocupados com a situação. O Osvaldo é a nossa maior aposta na competição, por ser o único com experiência e títulos continentais. Se não for connosco, corremos o risco de não atingir o resultado pretendido. (...) Notámos a preocupação da ministra da Juventude e Desportos, quando se pronunciou sobre a situação.
MOISÉS CAMOA , seleccionador nacional de vela

Últimas Opinies

  • 07 de Abril, 2021

    Ida ao Mundial marcou o futebol

    Em 2018, a nossa selecção de futebol adaptado trouxe-nos o primeiro troféu de cariz Mundial, ao vencer o campeonato do Mundo.

    Ler mais »

  • 07 de Abril, 2021

    Ganhos que podem ir ao ralo

    A circulação de pessoas e bens, apesar das dificuldades das estradas, faz-se com segurança.

    Ler mais »

  • 05 de Abril, 2021

    Um toque ao desenvolvimento

    O país comemorou ontem mais um ano de paz. Foi a 4 de Abril de 2002 que a Nação angolana presenciou a cerimónia que marcou o fim de um período de guerra que deixou inúmeras cicatrizes.

    Ler mais »

  • 05 de Abril, 2021

    Os ganhos da nossa vaidade

    Ao assinalarmos 19 anos, desde que o país começou a desfrutar do alívio que só a paz proporciona, não há como não reconhecer os ganhos havidos no sector desportivo neste lapso de tempo.

    Ler mais »

  • 05 de Abril, 2021

    Um retrocesso em alguns casos

    O desporto foi o grande embaixador do país, algumas modalidades assumiram-se como verdadeiros porta-estandartes, dado os feitos protagonizados por algumas selecções nacionais.

    Ler mais »

Ver todas »