Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

05 de Setembro, 2019
O processo que nós executamos, poderá ser trazido para o Estádio da Tundavala. Como estamos numa altura de escassez financeira, essa fase é global, vamos tentar implementar a primeira fórmula, já que temos água, aliás, este é o grande segredo. Significa dizer que com alguma determinação, vontade e criatividade, podemos implementar o tal plano A, que é menos oneroso.
LUIZINHO CAZENGUE, director do Estádio 11 de Novembro

Espero que o Girabola Zap 2019/2020 seja como os outros, porque eu vim aqui no Clube Desportivo da Huíla, com vontade de ajudar esse grupo muito forte que na temporada passada fez um excelente trabalho. Prometemos dar o nosso máximo e o melhor de sempre, para conseguirmos alcançar os objectivos da equipa neste Girabola Zap.
MINGO BILLE, lateral direito do Desportivo da Huíla

Penso que a vitória é fruto do trabalho. Trabalhámos muito bem, fizemos um estudo sobre a equipa do Progresso, defendemos muito bem e sabíamos que o Progresso ia defender-se também bem. Tivemos confiança e oportunidades para fazer golos e a minha equipa bateu-se muito bem.
ANDRÉ MAKANGA , treinador do Recreativo do Libolo

Infelizmente, perdemos a consistência. Alguns integrantes não estão tão motivados. Ausentaram-se da Selecção Nacional e isso, pode trazer custos adicionais, negativos, para a Selecção Nacional. Seja como for, vamos ver como é que o técnico Pedro Gonçalves pode motivar e introduzir dentro do grupo de trabalho a causa angolana.
LUIZINHO CAZENGUE , analista desportivo

Últimas Opinies

  • 18 de Novembro, 2019

    Palancas: mais "frangos" e "promessas de bacalhau"

    Paulo Gonçalves ainda não limou as arestas que sobressaem entre os vários sectores dos Palancas Negras.

    Ler mais »

  • 18 de Novembro, 2019

    Cartas dos Leitores

    Não podemos agarrar-nos ao que já passou.

    Ler mais »

  • 18 de Novembro, 2019

    Imposio de limites

    Apesar do atletismo ser das modalidades mais representativas do nosso mosaico desportivo não é menos verdade que a sua acção se faz sentir com maior impacto quando se chega a esta fase do ano, em que se coloca em funções a máquina organizadora da tradicional corrida de fim de ano, São Silvestre.

    Ler mais »

  • 16 de Novembro, 2019

    Haja resilincia mas com seriedade

    A campanha dos Palancas Negras rumo ao Campeonato Africano das Nações (CAN) de 2021, que Camarões irá organizar, pode ser de todo ofuscada, se acreditarmos que Angola, o nosso País, tem valor real e imensa qualidade em termos futebolísticos, mas sobretudo não tem o essencial: organização e seriedade.

    Ler mais »

  • 16 de Novembro, 2019

    Palancas devem ser destemidos no Gabo

    No seu retorno a mais uma campanha para atingir a elite do futebol continental, Angola joga amanhã frente à congénere do Gabão em Franceville, uma cartada importantíssima rumo aos Camarões-2021, depois do dissabor que experimentou diante da Gâmbia.

    Ler mais »

Ver todas »