Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

24 de Outubro, 2019
Temos de voltar a trabalhar muito. O nosso campeonato interno tem de voltar a ser muito competitivo. Isso, é que definia o estilo do nosso campeonato. Nos anos anteriores, o basquetebol angolano era muito competitivo e ninguém conseguia prever o campeão; tínhamos sempre três a quatro equipas, a lutar pelo ceptro.
YANIK MOREIRA, jogador da selecção de basquetebol


Eu vi bons talentos, em vários clubes daqui, eu vi o Zito Luvumbo e o Capita, mas podia citar outros bons atletas que têm potencial para irem para os melhores campeonatos europeus, se há esses bons talentos, é porque há bons formadores, são muito bem formados.
DIEUMERCI VUA, agente de jogadores


Nesse momento, a BP -Angola apoia José Sayovo, José Chamoleia, Befília Buio, Regina Dumbo e a Esperança Gicasso. Vamos aumentar o número de atletas, brevemente. A nossa atenção está focada no desporto adaptado, apesar do apoio prestado à uma equipa de futebol.
SSTEPHEN WILLIpreisdente da BP Angola


Toda a gente sabe que o balneário está com Zidane até à morte, aconteça o que acontecer. Temos de dar a imagem de uma equipa unida que confia no seu treinador. O Real Madrid recupera sempre e a forma de o fazer é de uma forma unida. Espero que não saia. Por tudo o que já fez, Zidane merece respeito.
SÉRGIO RAMOS, defesa do Real Madrid

Últimas Opinies

  • 18 de Novembro, 2019

    Palancas: mais "frangos" e "promessas de bacalhau"

    Paulo Gonçalves ainda não limou as arestas que sobressaem entre os vários sectores dos Palancas Negras.

    Ler mais »

  • 18 de Novembro, 2019

    Cartas dos Leitores

    Não podemos agarrar-nos ao que já passou.

    Ler mais »

  • 18 de Novembro, 2019

    Imposio de limites

    Apesar do atletismo ser das modalidades mais representativas do nosso mosaico desportivo não é menos verdade que a sua acção se faz sentir com maior impacto quando se chega a esta fase do ano, em que se coloca em funções a máquina organizadora da tradicional corrida de fim de ano, São Silvestre.

    Ler mais »

  • 16 de Novembro, 2019

    Haja resilincia mas com seriedade

    A campanha dos Palancas Negras rumo ao Campeonato Africano das Nações (CAN) de 2021, que Camarões irá organizar, pode ser de todo ofuscada, se acreditarmos que Angola, o nosso País, tem valor real e imensa qualidade em termos futebolísticos, mas sobretudo não tem o essencial: organização e seriedade.

    Ler mais »

  • 16 de Novembro, 2019

    Palancas devem ser destemidos no Gabo

    No seu retorno a mais uma campanha para atingir a elite do futebol continental, Angola joga amanhã frente à congénere do Gabão em Franceville, uma cartada importantíssima rumo aos Camarões-2021, depois do dissabor que experimentou diante da Gâmbia.

    Ler mais »

Ver todas »