Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

09 de Novembro, 2019
Estamos satisfeitos por todo esse percurso, onde começamos e chegamos. Temos que estar orgulhosos, o povo angolano deve estar orgulhoso e acreditar nesses rapazes e mais do que pensar no que perdemos, vamos pensar no que ganhamos. Nós, Angola, ganhamos o reconhecimento internacional e ganhamos capacidade competitiva (…).
PEDRO GONÇALVES, seleccionador nacional de futebol de Sub-17


Implementamos aquilo que o treinador nos orientou. Criamos linhas de passes, conseguimos rematar, mas fomos infelizes. Ainda assim, estamos orgulhosos pela primeira vez num mundial termos chegado aos oitavos-de-final. Saímos de cabeça erguida do mundial.
OSVALDO CAPEMBA “CAPITA”, jogador da Selecção de Futebol de Sub-17


Não foi iniciativa da FAF marcar o jogo para as 20H00’, foi a própria confederação que escolheu esse horário. Cada um é livre de tirar as suas conclusões, mas não queremos reagir com especulações. A FAF não vai entrar por este caminho, para tentar descobrir, porque a CAF tomou esse tipo de decisão.
RUI COSTA, secretário-geral da Federação Angolana de Futebol


É preciso ter em atenção que a decisão da não participação da Selecção Nacional no torneio de Maputo foi tomada numa reunião de direcção. Portanto, estamos aqui apenas como porta-voz porque como sabe, não sou membro da direcção, mas foi tomada essa decisão, que diga-se, pensada, e tomada dentro dos limites que havia.
TONY SOFRIMENTO, ex-secretário-geral da Federação Angolana de Basquetebol

Últimas Opinies

  • 18 de Novembro, 2019

    Palancas: mais "frangos" e "promessas de bacalhau"

    Paulo Gonçalves ainda não limou as arestas que sobressaem entre os vários sectores dos Palancas Negras.

    Ler mais »

  • 18 de Novembro, 2019

    Cartas dos Leitores

    Não podemos agarrar-nos ao que já passou.

    Ler mais »

  • 18 de Novembro, 2019

    Imposio de limites

    Apesar do atletismo ser das modalidades mais representativas do nosso mosaico desportivo não é menos verdade que a sua acção se faz sentir com maior impacto quando se chega a esta fase do ano, em que se coloca em funções a máquina organizadora da tradicional corrida de fim de ano, São Silvestre.

    Ler mais »

  • 16 de Novembro, 2019

    Haja resilincia mas com seriedade

    A campanha dos Palancas Negras rumo ao Campeonato Africano das Nações (CAN) de 2021, que Camarões irá organizar, pode ser de todo ofuscada, se acreditarmos que Angola, o nosso País, tem valor real e imensa qualidade em termos futebolísticos, mas sobretudo não tem o essencial: organização e seriedade.

    Ler mais »

  • 16 de Novembro, 2019

    Palancas devem ser destemidos no Gabo

    No seu retorno a mais uma campanha para atingir a elite do futebol continental, Angola joga amanhã frente à congénere do Gabão em Franceville, uma cartada importantíssima rumo aos Camarões-2021, depois do dissabor que experimentou diante da Gâmbia.

    Ler mais »

Ver todas »