Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

25 de Agosto, 2015
Sabíamos que histórico de jogo com o Progresso não era positivo para o Kabuscorp. Sabíamos também que se quiséssemos vencer teríamos de correr durante os 90 minutos. O intervalo foi bom porque conseguimos corrigir algumas coisas que não estiveram bem na primeira parte. Começamos o jogo de forma titubeante. MILLER GOMES, treinador do Kabuscorp do Palanca

Acho que tivemos uma primeira parte melhor que a segunda, porque a equipa baixou um pouco, por vezes os atletas ficavam sem perceber o que faziam e começámos a cometer erros e as nossas transições não surtiam os devidos efeitos e estivemos mal nesse aspecto. KITO RIBEIRO, treinador do Progresso do Sambizanga

Temos revelado muita falta de eficácia, mas temos apresentado um bom futebol em todos os campos onde jogamos, mas falta qualquer coisa. A equipa tem apresentado qualidade e bom futebol, mas temos de continuar a melhorar a nossa agressividade no último terço. ZORAN MAKI, treinador do Sagrada Esperança

Se eu fosse o Messi e tivesse que aturar o criticismo que ele recebe, eu não voltaria a jogar pela selecção. Ele deve amar muito a camisola argentina para continuar a regressar mesmo assim. CARLITOS TÉVEZ, jogador da selecção argentina

A PERGUNTA DO DIA
O Kabuscorp do Palanca foi um justo vencedor diante do Progresso do Sambizanga num dos jogos mais apetecidos da 23ª jornada do Girabola?

A turma do Palanca procurou sempre durante os noventa minutos da partida aproveitar os erros da equipa adversária, neste caso o Progresso do Sambizanga e com isto, impor ordens em casa alheia. E quando assim acontece, vence o melhor em campo.
Angelino Brandão, estudante

O optimismo manifestado pelo técnico da equipa da Rua F do bairro Palanca, Miller Gomes, foi fundamental para o seu conjunto somar os três pontos, diante da equipa do sambila, em que o técnico Albano César demonstrou pouca eficiência nas orientações de banco.
Osvaldo Tchipunga, estudante

A classificação de melhor em campo, atribuída ao avançado e autor do único golo da partida, em pleno Estádio velho da Cidadela, Albert Meyong, ajuda a justificar o poderio dos palanquinos. O Kabuscorp ganhou bem porque foi mais equipa.
Virgílio Lopes, estudante

AVALIAÇÃO JD


RODRIGUES ALEIXO Árbitro de futebol=POSITIVO=
O jogo entre o Petro de Luanda e o Recreativo do Libolo à partida oferecia dificuldades para ser dirigido, mas o trio de arbitragem chefiado por Rodrigues Alexico teve um excelente desempenho, segundo a crítica. Sem máculas no seu trabalho, Rodrigues Aleixo deixou os jogadores jogarem. Um exemplo a seguir.

MANUEL DE OLIVEIRA Treinador do Domant FC=NEGATIVO=O Domant FC continua a dar mostrar de não pretender continuar a figurar entre a fina-flor do futebol nacional na próxima temporada. No passado domingo, e diante do Desportivo da Huíla, equipa do seu campeonato, a formação do Bengo claudicou e acabou derrotada. O tempo parece ser curto para a sua recuperação.

Últimas Opinies

  • 24 de Agosto, 2019

    O amiguismo na resciso

    O assunto de momento no nosso futebol, convenhamos, é sem dúvidas o desenlace entre a Federação Angolana de Futebol (FAF) e o técnico Srdjan Vasiljevic, em face de algumas situações que vinham acontecendo e que originou que se estalasse o verniz.

    Ler mais »

  • 24 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Os jogadores aguardaram isso dos dirigentes, para que a motivação crescesse

    Ler mais »

  • 24 de Agosto, 2019

    O sonho dos grupos

    Após as vitórias extramuros nas deslocações à Tanzânia e ao Lesotho, o 1º de Agosto e Petro têm, neste fim-de-semana, a oportunidade soberana de confirmarem a qualificação para última eliminatória de acesso a fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Viemos a público para responder ou esclarecer o que aconteceu.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    O divrcio anunciado

    Não faz ainda muito tempo do anúncio do divórcio, entre o órgão reitor do futebol nacional e o então seleccionador nacional de honras, o sérvio Srdjan Vasiljevic, que ontem deixou o país.

    Ler mais »

Ver todas »