Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Citaes

06 de Setembro, 2013
Para nós, está fora de questão o título, o líder Kabuscorp ainda não perdeu no campeonato, mas nós vamos tentar fazer o máximo de pontos para dignificar o grande clube que é o Petro de Luanda.
JOSÉ DINIS, treinador do Petro de Luanda

Quando se joga em casa numa competição como essa, não se deve sofrer um golo como o que consentimos, sobretudo quando se tem o jogo controlado.
MILLER GOMES, treinador do Recreativo do Libolo

Meu futuro a Deus pertence. Mas gostava muito de liderar tecnicamente, um projecto de formação em Angola. São 17 anos de conhecimento, sei o que é bom e como fazer em benefício do país. Se acreditarem, estou disponível.
DJALMA CAVALCANTI, novo técnico do Santos FC

O Neymar tem de esperar ainda é um jogador jovem. Mas vai crescer e ser um dos melhores também. Por enquanto ainda vai se falar muito de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo.
RONALDO FENÓMENO, antigo astro do futebol brasileiro



A PERGUNTA DO DIA
A Federação Angolana de Futebol deve encontrar na Federação Angolana de Basquetebol o modelo de trabalho?


A vida é feita de exemplos. E no campo desportivo temos tido sorte com as modalidades de basquetebol, andebol e hóquei em patins, por elevarem as cores da Bandeira Nacional. É por essa razão que nos valeria muito se a FAF seguisse o modelo da FAB, para bem do futebol. António da Silva, estudante

Conhecemos as modalidades que mais arrastam multidões no nosso país, e infelizmente o futebol tem comprometido o bom-nome que Angola já conquistou, quando se qualificou para o mundial da Alemanha, em 2006. A FAF deve e muito bem, aprender com os outros. JUSTINO ADIMIR, funcionário público

Desculpem, mas eu acho que o problema da Federação Angolana de Futebol pode ser considerado como um defeito que caminhada para a autodestruição. O órgão reitor da modalidade “rainha” deve dar o mérito de escolha de jogadores ao seleccionador nacional. Domingos dos Santos, funcionário público


AVALIAÇÃO JD


Matias Castro e Silva
Presidente da FAT= Positivo

Após ter sido penalizada pelos organismos internacionais por falta de pagamento de quotas, a Federação Angolana de Ténis saldou as dívidas que tinha e que vinham do elenco anterior. O presidente do organismo, Matias Castro e Silva, diz que com isso termina também o bloqueio imposto ao país e que penalizou os nossos tenistas.

Minhonha
Treinador do ASA= Negativo

A viver um momento mau no Girabola, com o risco da despromoção a pairar sobre as hostes do aeroporto, o ASA devia ganhar o gosto pelas vitórias mesmo nos jogos amigáveis, para que haja no seio da equipa um espírito vencedor e os seus jogadores ganhem a motivação necessária para evitar a descida de divisão.

Últimas Opinies

  • 15 de Julho, 2019

    O real papel do gestor desportivo

    As funções de um gestor desportivo não são mais do que as funções de um gestor de empresas, adaptadas e ajustadas às particularidades de um clube ou federação desportiva.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Quem explica o desporto angolano?

    O nosso desporto merece um estudo profundo, para se encontrar explicações que justifiquem os resultados que vai tendo.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Cartas dos Leitores

    No nosso grupo (A),  somos a única selecção (Angola) que tem a sua primeira participação  a este nível. Canadá vai para a sua sétima, Nova Zelândia.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Objectivo falhado

    Angola não conseguiu alcançar o objectivo preconizado no Mundial de Hóquei em Patins, que se disputou em Barcelona, Espanha, acabando por se quedar na sexta posição.

    Ler mais »

  • 13 de Julho, 2019

    Cartas dos Leitores

    Vamos entrar para o campeonato em cada jogo para ganhar, nós queremos começar bem, com o pé direito. Como sabem, já temos o calendário.

    Ler mais »

Ver todas »