Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Citaes

07 de Outubro, 2013
Felicito, em primeiro lugar, todos os que tiveram a iniciativa de promover este investimento (colocação da primeira pedra para o Centro de Estágio). Depois, quero dizer que para nós este acto é uma das grandes vitórias do clube. Esta vitória não vai ser só benefício do Benfica mas para Luanda”.
Generoso de Almeida - presidente da Mesa da Assembleia-Geral do Benfica.

Temos de pensar positivo. Há promessas. Julgo que hoje, a nível do Ministério da Juventude e Desportos, já há uma visão estratégica do que tem de ser o atletismo no país, mas, logicamente, estamos com dificuldades em termos de infra-estruturas”.
Carlos Rosa - presidente da Federação de Atletismo.

Actualmente, existem poucas províncias com escalões seniores a competir nos nacionais. Mas nós pretendemos ajudar os clubes através de comparticipação no que eles não tiverem condições de custear. A data do início do campeonato só foi alterada para definir melhor os aspectos organizacionais da prova”.
José Monteiro- secretário-geral da Federação de Voleibol.

Em Itália pensam sempre que é por causa do salário. Todos dizem: ele foi para a Turquia por causa do dinheiro. Só que aceitei a proposta do Galatasaray porque é um clube com prestígio, que participa na Liga dos Campeões e que tem uma longa história”.
Roberto Mancini - técnico do Galatasaray da Turquia


A PERGUNTA DO DIA
O técnico José Dinis após vitórias nos três últimos jogos pode levar o Petro de Luanda a fechar a época em grande e garantir a sua continuidade no clube?


Claro que sim! O treinador nos dois jogos, quer do Girabola quer da Taça de Angola, conseguiu mostrar a verdadeira imagem do Petro de Luanda, sobretudo nos jogos com o 1º de Agosto. Por isso, as últimas vitórias conquistadas podem ajudar a fazer uma boa ponta final de campeonato e voltar a conquistar a Taça de Angola.
António Chocolate , funcionário público.

A vida é feita de vitórias, pois os campeões sempre são recordados pelos feitos alcançados, por isso mesmo, acredito que tudo pode acabar bem para o Petro de Luanda e defendo a permanência do técnico José Dinis, porque conseguiu dois importantes resultados nos jogos contra o arqui-rival e isso foi importante.
Joel Cruz , funcionário público.

O treinador José Dinis é um técnico experiente e já deu várias provas no nosso futebol. Tem condições de fazer mais e melhor. Para conseguir a confiança da direcção tem ainda de trabalhar muito e com isso assegurar a sua permanência. Penso que o Petro pode subir um pouco mais no Girabola e vencer a Taça de Angola.
Paulo Jorge, funcionário público


AVALIAÇÃO JD

EDOUARD ANTRANIK
Técnico do Kabuscorp -Positivo -
Acabaram-se as dúvidas. A equipa do Kabuscorp do Palanca é a nova campeã nacional do Girabola, junta-se aos outros sete que já tiveram o ensejo de erguer o troféu da maior competição de futebol do país. O búlgaro contratado por Bento Kangamba justificou o investimento e no seu primeiro ano deu cartas, superou os principais concorrentes.

PAULINO JÚNIOR
Técnico do 1º de Maio - Negativo -
Embora fosse quase impossível evitar a consagração do Kabuscorp, o 1º de Maio podia, em casa, ter mostrado um pouco de mais raça para evitar que a festa do título fosse feita sob seu apadrinhamento. A equipa de Paulino Júnior mostrou-se meio inibida e só se pode queixar de si mesma quando podia ter conseguido mais um ponto para ajudar na fuga à despromoção.

Últimas Opinies

  • 19 de Outubro, 2019

    Quem quem no nosso Girabola Zap?

    A medida que as jornadas se sucedem, o Campeonato Nacional de Futebol da I Divisão vai aquecendo, tomando melhores proporções competitivas que provoca igualmente um maior arrasto dos prosélitos.

    Ler mais »

  • 19 de Outubro, 2019

    Cartas dos Leitores

    O desporto angolano conquistou alguns resultados satisfatórios, sendo de destacar a conquista inédita do Campeonato do Mundo e mais recentemente o “’Africano.

    Ler mais »

  • 19 de Outubro, 2019

    O rolar dos patins

    Deu-se na tarde de ontem,  a ‘stickada’ inicial da presente edição do Campeonato Nacional de hóquei em patins, que é marcada pelas ausências das equipas do interior do país e que conta com a participação de seis emblemas militares.

    Ler mais »

  • 17 de Outubro, 2019

    Cartas dos Leitores

    Estou regozijado com a presença do Ivanildo Lopes na elite da arbitragem da CAF. É a primeira vez que Angola tem um trio ao mais alto nível da Confederação Africana de Futebol. Ele tem à porta aberta para a elite A. Se ele continuar com a mesma dedicação, brevemente poderá conseguir tal desiderato.

    Ler mais »

  • 17 de Outubro, 2019

    Renncia anunciada

    Razões a ver com a falta de apoio institucional para o desenvolvimento de acções e projectos ligados ao desporto adaptado, podem levar o presidente do Comité Paralímpico Angolano a renunciar o cargo, exausto que está de promessas vãs, que colidem com aquilo que são as suas expectativas à frente deste órgão desportivo.

    Ler mais »

Ver todas »