Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Citaes

11 de Outubro, 2013
Confesso que os resultados são um pouco enganadores, pois a equipa apresentou–se bem, criou várias situações de golo sem concretizar. Foi assim diante do Porcelana. Também tivemos esse problema com o Desportivo da Huíla”.
Horácio Mosquito, presidente do Recreativo da Caála

O pouco tempo de descanso de um jogo para o outro criou um certo desgaste físico aos jogadores mas, de qualquer forma, estão de parabéns porque souberam lutar de igual para igual, do princípio ao fim, apesar da derrota”.
David Dias, técnico do Progresso do Sambizanga

Sabíamos que era um jogo bastante difícil, a julgar pelo desgaste que a equipa está a sentir, pois estamos na recta final do campeonato e é necessário acautelar algumas situações para gerirmos bem o plantel. Valeu a vitória”.
Miller Gomes, técnico do Recreativo do Libolo

Como nenhum outro país se mostrou disponível para acolher a prova, Angola teve de assumir a realização do campeonato, por acolher a sede do Comité Paralímpico Africano e a sua presidência. É uma responsabilidade muito grande”.
Leonel da Rocha Pinto, presidente do CPA


A PERGUNTA DO DIA
O Progresso do Sambizanga, depois da derrota com o Libolo, hipotecou a possibilidade de ficar entre os cinco primeiros no Girabola?



Acredito que sim. Depois da vitória gorda diante do Atlético pensava-se que pudesse igualmente vencer o Libolo. Perdeu e comprometeu a sua ambição. Mas faltam ainda quatro jornadas e tudo pode acontecer”. Pedro Charlengo, estudante

David Dias, na qualidade de treinador principal do Progresso, foi impotente para encontrar o caminho da vitória e assim ficar mais próximo do quinto lugar. Portanto esperamos que a formação da capital vença os próximos jogos. Figueira Fuxi, gestor de negócios

Os sambilas têm história no Girabola e devem mostrar que estão capacitados para superar tudo isso. Estão ainda em disputa 12 pontos. Sete os separam da quinta posição, por isso têm de vencer os próximos jogos e esperar que os outros percam pontos. Fernando Cassoma, gestor de negócios


AVALIAÇÃO JD

YANO
Avançado do progresso= Positivo

O internacional angolano está de regresso à alta competição, depois de uma lesão que o levou a ficar parado muito tempo. E, diga-se, um regresso em grande. Em três jogos marcou três golos, à razão de um por partida. A derrota diante do Libolo em que ficou em branco, não retira brilho ao seu regresso.

DJALMA CAVALCANTE
Técnico do Santos= Negativo

O regresso a uma casa que bem conhece não vai evitar que Djalma ajude o Santos a permanecer no Girabola. Os oito pontos perdidos nas três últimas jornadas (DED) podem ter comprometido as aspirações da equipa e os motivos que levaram a direcção a contratar o brasileiro. Decisão infrutífera.

Últimas Opinies

  • 24 de Agosto, 2019

    O amiguismo na resciso

    O assunto de momento no nosso futebol, convenhamos, é sem dúvidas o desenlace entre a Federação Angolana de Futebol (FAF) e o técnico Srdjan Vasiljevic, em face de algumas situações que vinham acontecendo e que originou que se estalasse o verniz.

    Ler mais »

  • 24 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Os jogadores aguardaram isso dos dirigentes, para que a motivação crescesse

    Ler mais »

  • 24 de Agosto, 2019

    O sonho dos grupos

    Após as vitórias extramuros nas deslocações à Tanzânia e ao Lesotho, o 1º de Agosto e Petro têm, neste fim-de-semana, a oportunidade soberana de confirmarem a qualificação para última eliminatória de acesso a fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Viemos a público para responder ou esclarecer o que aconteceu.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    O divrcio anunciado

    Não faz ainda muito tempo do anúncio do divórcio, entre o órgão reitor do futebol nacional e o então seleccionador nacional de honras, o sérvio Srdjan Vasiljevic, que ontem deixou o país.

    Ler mais »

Ver todas »