Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Citaes

29 de Novembro, 2013
Estou a gozar as minhas férias junto da família e ainda não renovei com a direcção do Interclube, mas isso pode acontecer a qualquer altura. O Inter é a grande prioridade na minha carreira e não gostava de mudar de camisola, pelo menos para já.
PAtY, médio do Interclube

Vamos fazer uma boa campanha no torneio, porque temos incutido na mente dos jogadores que somos capazes de lutar de igual para igual com os adversários. O meu optimismo surge na sequência de termos sido finalistas de uma das edições passadas, diante da Zâmbia.
NZUZI ANDRÉ, técnico da selecção de Sub-20

Não tenho qualquer temor. Fiz o que tinha a fazer e agora só me resta esperar o resultado. O que era importante para mim, para ganhar a ‘Bola de Ouro’, era manter o nível e apurar-me com a França para o Mundial.
FRANK RIBÉRY, internacional francês do Bayern de Munique

Um jornalista perguntou se o Casillas merecia a ‘Bola de Ouro’. Disse que sim, como Cristiano merecia e outros jogadores também. Vocês (jornalistas espanhóis) criaram uma confusão incrível.
MARCELO, lateral esquerdo do Real Madrid

A PERGUNTA DO DIA
É salutar a dispensa e compra de jogadores para as equipas que preparam o Girabola?


Tanto as equipas como os atletas não são obrigados a assinar. Neste contexto, defendo que, quando não houver entendimento entre ambas as partes, convém que se desfaça o contrato e cada um siga o seu caminho. André Luís, funcionário público

As dispensas surgem mais por as equipas precisarem, a cada época, de melhorar o plantel e o sistema de jogo. Aliás, equipas como Kabuscorp, Petro, 1º de Agosto e até mesmo Interclube, tiveram de dispensar os seus técnicos. Porque não fazer o mesmo com os atletas, quando a ideia é melhorar a equipa?Fernandes Lobato, estudante

O momento é propício para isso. Falo, concretamente, da abertura do mercado de transferência de jogadores, tanto para as equipas nacionais, como para fora do país. Apenas espero que empresários, jogadores e direcções de clubes saibam cada um honrar a sua palavra no que toca à contratação. Morango Skill, músico

AVALIAÇÃO JD


NZUZI ANDRÉ
Técnico dos Sub-20
= Positivo
A selecção Sub-20 viaja hoje para Maserú (Lesoto), onde vai participar, a partir da próxima terça-feira, na Taça COSAFA. O técnico Nzuzi André está optimista numa boa participação, o que é positivo. Apesar da influência das selecções que vão estar presentes na prova, há sempre que acreditar e nunca privilegiar o pessimismo.

DESPORTIVO DA HUÍLA
Clube do Girabola= Negativo
Há dias vimos Cardoso de Lima, secretário-geral da FAF, a desdobrar-se em explicações sobre os critérios de participação nas Afrotaças. Parece que o Maquis, terceiro do Girabola, pretendia o passe. Não tendo o Desportivo condição financeira, não devia facilitar, passando a vaga a quem esteja melhor preparado?

Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »