Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Citaes

22 de Dezembro, 2013
Depois de colocar a União no Girabola, 25 anos depois de ausência, traçámos como objectivo primordial a permanência da equipa nessa competição, de maneira a evitar a despromoção logo no primeiro ano do nosso regresso ao convívio dos grandes.
MBOSO NDONGA, presidente do USC do Uíge

A empresa SIS terminou domingo passado de fazer um trabalho profundo no nosso campo e a relva foi toda semeada nas partes em que se registavam clareiras. Aproveitámos para trocar os chuveiros e conseguimos adubar o campo com insecticidas.
JACKES DA CONCEIÇÃO, vice-presidente do Benfica da Huíla

A única coisa que posso confirmar é que houve contactos com alguns deles e falamos algumas vezes mas ainda não há nada definido. Quero primeiro analisar tudo o que me chegou às mãos antes de tomar qualquer decisão que beneficie os meus interesses.
DIEU, defesa central do 1º de Agosto

O Pep fala muito comigo sobre Messi e a sua forma de jogar. Ele dá-me total liberdade para fazer o que quero. Deixa-me ir para o centro, para a esquerda, para a direita. O Pep disse-me: ‘É importante que tenhas a bola’. Com base neste perfil, pareço-me com Messi.
FRANK RIBERY, médio do Bayern de Munique

A PERGUNTA DO DIA
O 1º de Agosto tem possibilidade de revalidar o título da Taça dos Clubes Campeões Africanos em basquetebol?

Sim, o 1º de Agosto tem potencial altamente competitivo para honrar as cores da bandeira nacional e conquistar a Taça dos Clubes Campeões Africanos em basquetebol, testemunho disto foi a vitória por 101-44 frente ao Talissomo Basquetebol do Gabão. Pedro Lukunga, funcionário público

Quando se atinge a chapa cem, em termos numéricos numa determinada competição, leva-nos a acreditar em desafios maiores, falo concretamente na possibilidade de assegurarmos o bom nome do basquetebol angolano diante dos adversários enquanto decorrer a Taça dos Clubes Campeões Africanos na República da Tunísia. Kateco Mucosso, estudante

Reconheço plenamente o potencial do basquetebol nacional, em particular para as grandes equipas, concretamente, o Petro de Luanda, Recreativo do Libolo e 1º de Agosto. Quanto a esta última formação, penso que ainda é cedo de mais para se antecipar à conquista dos militares a nível dos clubes africanos. Edilson Antas, funcionário público


AVALIAÇÃO JD

BENTO KANGAMBA
Presidente do Kabuscorp=Positivo

Reagindo a uma certa dúvida da imprensa quanto à contratação do congolês Tresór Mputu, muito em função de informações desencontradas, Bento Kangamba, mesmo não convencendo, foi sempre dizendo que o jogador já era seu, e que a apresentação estava a um passo. Finalmente matou a cobra e mostrou o pau.

NORBERTO ALVES
Treinador do Libolo= Negativo

Depois de um começo de torneio impressionante na Taça dos Clubes Campeões, o Recreativo do Libolo surpreendeu pela negativa. Por exemplo no jogo que ditou o seu afastamento da final a equipa do Kwanza-Sul foi uma autêntica sombra de si mesma. Vencia por 20 pontos de diferença ao Etoile Sportive Sahel da Tunísia. Quem diria!?

Últimas Opinies

  • 18 de Julho, 2019

    Final interessante

    Um mês depois de fortes emoções vividas nos estádios e em outros espaços fora e longe dos centros de disputa,  vamos ter,  finalmente,  amanhã dia 19, o cair do pano da XXXII edição do Campeonato Africano das Nações de futebol, organizado pelo Egipto.

    Ler mais »

  • 18 de Julho, 2019

    A dvida de Akw

    O dia 8 de Outubro de 2005, ficará para sempre gravado na história do desporto angolano e do futebol em particular.

    Ler mais »

  • 18 de Julho, 2019

    Assim no est nada bom

    Depois da decepção que foi a participação dos Palancas Negras no Campeonato Africano das Nações, que ainda decorre no Egipto, com encerramento previsto para amanhã, 19 de Julho, pensei que a paz voltaria, quanto antes, a reinar no “quintal” do futebol doméstico, de si já prenhe de problemas.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Uma seleco coxa sem craques de elite

    A qualidade  dos jogos dados a ver pelos Palancas Negras no CAN do Egipto, mostrou, mais uma vez, que não temos um estilo que nos identifica em termos de estilo.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    O real papel do gestor desportivo

    As funções de um gestor desportivo não são mais do que as funções de um gestor de empresas, adaptadas e ajustadas às particularidades de um clube ou federação desportiva.

    Ler mais »

Ver todas »