Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Citaes

28 de Dezembro, 2013
Tenho conhecimento que o plantel recebeu dez novos jogadores, e acho que estamos muito mais reforçados para os nossos objectivos. É claro que queremos melhorar a posição, fazer um bom campeonato. Tudo depende também, dos níveis de preparação que vamos conseguir durante o estágio.
PATY, médio do Interclube

Acho que a campanha negativa que tivemos no Girabola, se deve à má preparação da pré-época e à saída do técnico, dois factores que influenciaram. Começámos com o treinador Henrique Calisto e terminámos com o mister Miller Gomes.
GOMITO, capitão do Recreativo do Libolo

Realizámos com êxito os campeonatos municipais de selecções, acompanhámos o campeonato do Girabairro e a participação do Desportivo da Huíla no Girabola, que consideramos positiva. O facto de ser a segunda equipa apurada para as Afrotaças também é uma satisfação.
FRANCISCO BARROS, director do Minjud na Huíla

A minha receita é sempre a da humildade. O que consegui é fruto do meu trabalho. Acho que tive um ano muito bom no Zenit e um excelente ano na selecção. Se assim não fosse, dificilmente era tão valorizado, por ter custado o dinheiro que o Zenit pagou ao FC Porto isso não chegava para me dar esse reconhecimento todo.
HULK, brasileiro ao serviço do Zenit da Rússia


A PERGUNTA DO DIA
Quais foram os ganhos do desporto nacional nos 38 anos de independência?

Angola tem sido um país exemplar em África e não só, no que concerne à convivência da independência nacional com o campo desportivo. Nestes quase 40 anos de independência, os indicadores de tudo o que se tem feito estão à vista. Por isso mesmo, países como Moçambique e Senegal, e tantos outros, procuram seguir o exemplo de Angola. ” Helena Mbimbi, estudante

Ganhou-se a construção de estádios modernos, campos e requalificação de campos de futebol e construção de arenas e pavilhões, tudo isto para se praticar e massificar o desporto, para além de organizarmos eventos desportivos ao mais alto nível, como o mundial de hóquei, CAN 2010 Afrobasket, etc.”Cecília Kambundo, estudante

Os ganhos são muitos. O país, desde a conquista da independência até aos dias de hoje, tem-se destacado em muito nível do nosso continente nas modalidades como o basquetebol, andebol, atletismo e hóquei. Todo este mérito se deve ao alcance da nossa independência.”Vagne Iungê , estudante


AVALIAÇÃO JD


VALENTIM DOMINGOS
Presidente da FAV=Positivo

O projecto Voleiblue lançado em Luanda, em Junho, numa organização de uma empresa de refrigerantes, com o apoio da Federação Angolana de Voleibol foi considerado positivo pelo presidente da FAV, Valentim Domingos, pois permitiu a formação de novos talentos em algumas escolas. Uma iniciativa que não deve morrer.

KARTING
Desporto motorizado= Negativo

Embora a situação do karting na capital registasse algum movimento neste ano, a construção de kartódromo definitivo para a organização regular de provas da modalidade, é um grande empecilho para o seu desenvolvimento. O karting está a renascer em Luanda e tem de ter estruturas próprias.

Últimas Opinies

  • 20 de Julho, 2019

    Acesso ao Qatar

    Apesar da qualificação inédita numa fase final de um Mundial de Futebol, algo que ocorreu curiosamente em 2006, edição organizada pela Alemanha, a Selecção Nacional.

    Ler mais »

  • 20 de Julho, 2019

    O honroso sexto lugar do nosso hquei em patins

    A recente participação de Angola no Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins, que decorreu em Barcelona, Espanha, e que o nosso país se classificou em sexto lugar.

    Ler mais »

  • 18 de Julho, 2019

    Cartas dos Leitores

    No nosso período pré competitivo, nesta segunda quinzena de Julho, já queria ir para uma paragem, onde tivesse campos e equipas para realizarmos jogos.

    Ler mais »

  • 18 de Julho, 2019

    Final interessante

    Um mês depois de fortes emoções vividas nos estádios e em outros espaços fora e longe dos centros de disputa,  vamos ter,  finalmente,  amanhã dia 19, o cair do pano da XXXII edição do Campeonato Africano das Nações de futebol, organizado pelo Egipto.

    Ler mais »

  • 18 de Julho, 2019

    A dvida de Akw

    O dia 8 de Outubro de 2005, ficará para sempre gravado na história do desporto angolano e do futebol em particular.

    Ler mais »

Ver todas »