Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

1º de Agosto (ainda) a meio gás

Paulo Caculo - 30 de Março, 2017

Campeão nacional enfrenta forte concorrência no campeonato

Fotografia: JOSÉ COLA | Edições Novembro

Com dois pontos a menos, amealhados em relação à época de 2016 que marcou o regresso aos títulos no Girabola, dez anos depois a equipa do 1º de Agosto realiza um começo de campeonato menos intenso, comparado com o Girabola passado, que por esta altura liderava a competição com 18 pontos.

Ao contrário da época transacta, os militares apesar de averbar igualmente uma derrota, já empataram um jogo e venceram cinco partidas, facto que os colocam na segunda posição com 16 pontos, à distância de uma vitória do Kabuscorp do Palanca.


No ano em que se sagrou campeão, o 1º de Agosto protagonizou uma entrada de rompante no campeonato, assumiu desde cedo as rédeas da liderança, chamou a si o domínio territorial do Girabola Zap. Nessa altura, em sete jogos disputados, os militares eram os líderes invictos da prova com 18 pontos, fruto de seis vitórias.

Contrariamente ao ano passado, as fraquezas espelhadas pelo campeão nacional não se limitam aos pontos colhidos. Além de vencer menos jogos, o ataque também marca menos (12) contra os 16 golos rubricados em 2016, decorridas sete jornadas. Quanto à defesa, mostra-se muito mais sólida este ano, sofreu até o momento dois golos.