Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

1 de Agosto confiante na vitria

Jorge Neto - 26 de Agosto, 2015

Agostinos querem evitar ceder mais pontos no jogo desta tarde ante um adversrio que est galvanizado com o ltimo resultado em casa

Fotografia: Jornal dos Desportos

O 1º de Agosto recebe hoje, às 17H00, no Estádio 11 de Novembro, o FC Bravos do Maquis, em desafio de acerto à 18ª Jornada do Girabola, onde vai tentar aproveitar o seu favoritismo para conquistar os três pontos.Na antevisão do jogo, o técnico-adjunto, Felipe Nzanza garantiu na última segunda-feira, em conferência de imprensa, no RI-20, que os seus pupilos estão preparados para fazer uma boa exibição e um resultado positivo.

“A equipa está preparada para efectuar um bom jogo diante do Maquis. O resultado nulo alcançado no Dundo, um terreno complicado, não constitui qualquer obstáculo para os nossos objectivos. Vamos lutar para que no final o resultado nos seja favorável”,  assegurou o auxiliar do bósnio Dragan Jovic.Tal como garantiu Felipe Nzanza os militares já digeriram o empate nulo na deslocação ao Dundo, diante do Sagrada Esperança, pelo que, a equipa está motivada para a recepção aos maquisardes.

A formação do leste do país atravessa um momento complicado tanto na vertente financeira como na classificação, ocupam o penúltimo lugar com 22 pontos, contra os 38 do 1º de Agosto na quarta posição.Contudo, os agostinos estão atentos e não se deixam enganar pelo momento que atravessa o seu adversário, pois reconhecem que os mesmos têm valor suficiente para criar dissabores aos objectivos traçados pelos rubro e negros.

O ataque é chamado a voltar a "carburar", já que ficou em branco na ronda passada, ao mesmo tempo que a defesa foi ensaiada para manter inviolável a sua baliza, tal como aconteceu nos últimos dois desafios.O empate entre militares e diamantíferos atrasou a formação luandense na corrida ao título, ainda assim não retira a confiança e determinação que reina no seio do grupo para este desafio.

MAQUIS
Ndikumana
falha o jogo


Pela primeira vez nesta segunda volta o avançado Ndikumana não vai constar das opções do técnico Dragan Jovic. O burundês viu o cartão vermelho e consequente expulsão no desafio diante do Sagrada Esperança na jornada anterior e cumpre dois jogos de suspensão, impostos pelo Conselho de Disciplina da Federação Angolana de Futebol (CDFAF).

O avançado contratado pelo 1º de Agosto nesta segunda volta para reforçar o ataque, segundo informações, em função da lesão na altura, de Ben Traoré, foi titular em todos os desafios do conjunto militar.Até ao momento marcou dois golos e tem sido uma pedra fundamental nas opções da equipa técnica agostina. Com a sua ausência, o técnico bósnio Dragan Jovic tem a disposição os avançados Gelson (8 golos), Ben Traoré (7) Mateus (4).Estes jogadores dão confiança suficiente a equipa técnica para a recepção ao FC Bravos do Maquis, pois no total já marcaram 19 golos. O médio ofensivo Ary Papel é o melhor marcador da equipa com 10 finalizações.