Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

1 de Agosto est preocupado com as mudanas no Sporting

Betumeleano Ferro - 18 de Abril, 2015

1 de Agosto vai ao terreno do seu adversrio bem preparado para evitar regressar a Luanda sem trs pontos na bagagem

Fotografia: Jornal dos Desportos

O técnico adjunto do 1º de Agosto, Filipe Nzanza, disse  ao Jornal dos Desportos, que as mudanças no comando técnico do Sporting de Cabinda podem contribuir para um bom resultado no jogo de hoje.

“Depois do que aconteceu, todos os jogadores vão querer provar ao novo treinador que eles são capazes de fazer um bom resultado contra nós, alertou o técnico.
O 1º de Agosto preferia visitar o Sporting com Albano César no comando técnico, mas agora, disse Filipe Nzanza “sem o anterior treinador as coisas ficam muito mais difíceis para nós, por que a partir de agora vai começar uma nova fase para eles,  todos os jogadores vão querer demonstrar que podem participar deste novo processo”.

A entrada em funções, da nova equipa técnica leonina, vai mexer com as emoções dos atletas, prognosticou Filipe Nzanza. Ele diz que o Sporting pode aparecer com uma postura competitiva nunca vista no campeonato. “Eles perderam o treinador, mas isto não quer dizer nada para nós, o que a nós interessa é saber que do outro lá há uma grande vontade de ganhar o jogo”, garantiu.

O 1º de Agosto tem se dado bem nas últimas duas temporadas com os ares de Cabinda, mas o adjunto de Jovic recuou aos tempos em que capitaneava os rubro-negros para alertar, que as deslocações ao enclave nunca foram fáceis. De acordo com  o técnico “ir a Cabinda nunca foi tarefa fácil para ninguém, nós sempre enfrentamos muitas dificuldades para ganhar no Tafe, seguramente, as coisas não vão ser diferentes agora, mas a nossa grande determinação pode fazer a diferença”, enfatizou.

O rugido dos “leões” já fez cair por terra vários candidatos ao título como o Petro de Luanda e o campeão Libolo. A boa sequência de resultados dos leoninos, com os chamados grandes, coloca de sobreaviso o 1º de Agosto. “Nós queremos fazer um bom resultado, mas também sabemos que vai ser muito difícil, porque os outros que foram a Cabinda ou que já defrontaram o Sporting passaram muito mal, temos de evitar cometer muitos erros”, sublinhou.

As vitórias alcançadas nas últimas três jornadas aumentaram a confiança de todo o plantel, mas Filipe Nzanza garantiu que esta tarde diante do Sporting a sua equipa tem a obrigação de superar tudo que fez nas rondas anteriores.

EXIBIÇÃO
Massunguna e Jumisse podem entrar de início


O central Dani Massunguna e o médio Jumisse estão de novo aptos a recuperar a titularidade, mas o técnico-adjunto Filipe Nzanza preferiu ser cauteloso a ter de confirmar a presença deles na equipa, que vai entrar de início esta tarde no jogo com  o Sporting de Cabinda.

A equipa técnica do 1º de Agosto considera Dani Massunguna e Jumisse duas peças importantes, ambos sempre figuraram nas escolhas iniciais de Dragan Jovic, excepto quando há lesões ou castigos. “Nós estamos a falar de atletas com uma certa influência, o Massunguna é o nosso capitão, infelizmente, eles tiveram de ficar de fora nas últimas jornadas mas agora estão a trabalhar sem limitações, vamos ver o que acontece até a véspera do jogo”, afirmou Filipe Nzanza.

O 1º de Agosto conseguiu manter a sequência de vitórias sem os préstimos de Massunguna e Jumisse, mas Filipe Nzanza mostra-se convicto de que o possível regresso dos dois atletas na equipa inicial pode contribuir para a equipa permanecer na rota dos triunfos. “A nossa pretensão é ganhar, está claro, que com o grupo todo completo as coisas ficam mais fáceis para nós”, enalteceu.

O plantel do 1º de Agosto está equilibrado em todos os sectores, assim o adjunto de Dragan Jovic considera importante que cada atleta continue a trabalhar com os olhos postos na titularidade, porque  situações inesperadas, como lesões ou castigos, podem a qualquer altura privar a equipa de jogadores influentes.

A ausência do capitão Massunguna permitiu a Sargento e Dieu demonstrar a equipa técnica que podem ser boas alternativas para o que der e vier, mas esta tarde um deles corre sérios riscos de perder a titularidade. “Ainda é muito cedo para falarmos acerca disto, mas quando chegar o momento exacto os próprios atletas vão ser os primeiros a saber se entram ou não de início”, afirmou Filipe Nzanza.  
Betumeleano Ferrão