Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

1 de Agosto galvanizado aps golear Kabuscorp

Jorge Neto - 03 de Julho, 2018

Bicampees nacionais pretendem manter a vantagem de dois pontos que tm sobre o segundo

Fotografia: Vigas da Purificao | Edies Novembro

Os cinco golos marcados na jornada anterior, tornando-se no número mais expressivo que a equipa do 1º de Agosto conseguiu até ao momento, neste Girabola ZAP, dão maior confiança aos militares para receber, amanhã às 17h30, no estádio 11 de Novembro, a formação do Sporting de Cabinda, em desafio referente a 20ª jornada.
Com a seca de golos terminada, os bicampeões nacionais pretendem manter a vantagem de dois pontos que têm sobre o segundo classificado, Petro de Luanda, derrotando os leões do norte, um adversário com quem empataram à zero na primeira volta.
Agora, a equipa está a viver um ambiente diferente no balneário, devido ao resultado bastante motivador diante do Kabuscorp do Palanca, onde além de marcar cinco golos, em sentido oposto não sofreram nenhum, conservando assim o estatuto de defesa menos batida da competição.
A goleada sobre os palanquinos devolveu os golos a quatro jogadores influentes na manobra da equipa, nomeadamente Mongo, Geraldo e Jacques, que já não finalizavam há vários jogos, sendo que Dani Massunguna estreou-se a marcar neste campeonato.
O corpo técnico sempre mostrou-se confiante, no regresso às vitórias do conjunto rubro e negro, apesar da pressão dos adeptos e massa associativa, que já se fazia sentir, em função dos cinco empates consecutivos.
Nesta altura, o técnico Zoran Maki tem "boas dores de cabeça" para formar o onze inicial, que vai defrontar o Sporting de Cabinda, pelo facto de todos os jogadores estarem motivados. Aliás, isso ficou provado no sábado passado, pois tanto os que entraram de início como os que saíram do banco de suplentes, cumpriram com o seu papel.
A equipa médica faz de tudo para recuperar os jogadores lesionados, nomeadamente o guarda-redes Neblú, o lateral esquerdo Natael, e os médios Ibukun, Macaia e Nelson da Luz.
Apesar do regresso às vitórias, os rubro e negros não entram em euforias, preferem manter a concentração e estão determinados em somar os três pontos amanhã, tendo consciência de que, nesta fase, todos os jogos são difíceis, mas que têm de demonstrar em campo o seu favoritismo.