Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

1 de Agosto pode "fugir"

Pedro Augusto - 15 de Junho, 2016

Equipa rubro-negra pode aumentar vantagem para sete pontos em relao ao segundo classificado Recreativo do Libolo

Fotografia: Benjamin Cndido

A primeira volta do Campeonato Nacional de Futebol da Primeira Divisão, Girabola Zap, fica concluída hoje às 15h00, no Dundo, quando Sagrada Esperança da Lunda Norte e 1º de Agosto medirem forças em acerto à oitava jornada da competição. Os militares, que lideram o campeonato com 34 pontos, mais quatro que o Libolo na segunda posição, têm uma soberana oportunidade para alargar a vantagem pontual para sete pontos, sobre o campeão.

A excelente campanha que tem protagonizado no Girabola Zap - em 14 jogos venceu 11, empatou um e perdeu dois - proporciona grande motivação à equipa treinada por Dragan Jovic para o duelo desta tarde no terreno dos lundas. Motivação essa reforçada pela vitória no último sábado, por 1-0, diante do rival Petro de Luanda, que permitiu alargar a vantagem sobre os mais directos perseguidores na competição.

O facto de os militares viajarem para o palco do jogo com dois dias de antecedência é sinónimo da responsabilidade do comandante do campeonato. Ou seja, o 1º de Agosto sabe que conquistar os três pontos diante do Sagrada Esperança vai representar um ganho maior nas aspirações para a conquista do título que não "visita" a galeria do rio seco há dez anos.

Mas uma coisa é certa: os militares vão ter uma tarefa suada ante os lundas que almejam, igualmente, manter o ciclo vitorioso no campeonato. A goleada (3-0) imposta ao "moribundo" Porcelana FC do Cazengo, no desafio da última jornada do Girabola Zap, constitui um tónico para os diamantíferos defrontarem os agostinos de peito aberto.

Zoran Maki e atletas sabem da responsabilidade que é defrontar o 1º de Agosto, pois, trata-se do segundo maior clube do país em termos de títulos conquistados (9) e do líder do presente campeonato. Por isso, toda cautela será pouca para tentar travar a marcha triunfante do adversário na prova.Ainda que o Sagrada Esperança vença o 1º de Agosto esta tarde, não dará um grande salto na tabela de classificação, pois o máximo que vai conseguir é igualar o Interclube na quinta posição, uma vez que somaria igualmente 24 pontos.

Mas seja como for, será sempre bom conquistar os três pontos para encarar a segunda volta do campeonato com mais optimismo. O desafio entre o Sagrada Esperança e o 1º de Agosto não se disputou na data marcada em virtude do engajamento dos diamantíferos nas eliminatórias de acesso à fase de grupos da Taça da Confederação.

FILIPE NZANZA * 1º de Agosto
“Queremos terminar com vitória”

A equipa do 1º de Agosto pretende fechar com "chave de ouro" a primeira volta do Girabola Zap 2016, com uma vitória hoje, às 15h00, no Dundo, diante da formação do Sagrada Esperança, em jogo de acerto de calendário, referente à oitava do campeonato. O objectivo foi reiterado à imprensa pelo técnico-adjunto Filipe Nzanza, na última segunda-feira, no ex-RI20, antes da deslocação à Lunda Sul, em transito para a vizinha província da Lunda Norte.

“Penso que será um jogo difícil, eles (Sagrada Esperança) estão moralizados porque vêm de uma vitória, mas nós também estamos moralizados com o triunfo sobre o Petro e vamos para este jogo com o objectivo de ganhar”, afirmou. O antigo médio militar admitiu que os jogadores saíram mais motivados do clássico frente ao rival e pensam apenas em somar mais um triunfo para aumentar a diferença pontual em relação ao segundo colocado (Libolo).

“A vitória contra o Petro motivou mais os jogadores e eles sabem que este jogo (diante do Sagrada) também é muito importante para terminarmos a primeira volta com mais sete pontos em relação ao segundo classificado, o Recreativo do Libolo”, disse.Filipe Nzanza desvalorizou a ideia dos jogadores sofrerem uma quebra física no segundo tempo diante do Petro de Luanda, afirmando que foi uma estratégia adoptada pela equipa técnica agostina.

“A equipa não teve uma quebra física no jogo com o Petro, apenas foi uma estratégia nossa em que recuamos as nossas linhas, porque estávamos em vantagem no marcador, deste modo a equipa do Petro adiantava-se e nós aproveitaríamos os espaços em contra-ataque”, assegurou.
Em relação a condição física do médio ofensivo Ary Papel, substituído no jogo anterior, o auxiliar de Dragan Jovic confirmou a convocatória do atleta para este jogo

a"O Ary foi substituído por precaução, ele não disputou os dois últimos jogos e houve a necessidade de não fazer os 90 minutos. Mas foi convocado para o jogo com o Sagrada e depois vamos definir se vai jogar”, garantiu para de seguida fazer um repto aos adeptos agostinos. “O 1º de Agosto onde joga tem sempre muitos adeptos e não se nota muito se joga em casa ou fora, temos que jogar da mesma maneira e aproveitar o apoio dos nossos adeptos que tem sido muito bom”, concluiu.      JORGE NETO

AVANÇADO MILITAR
Makiavala reforça pensamento positivo

O avançado Makiavala, da equipa do 1º de Agosto, confirmou o pensamento positivo que reina nas hostes do grupo à ordens de Dragan Jovic, com vista o jogo de hoje à tarde, no Dundo, frente ao Sagrada Esperança. O jovem garantiu que o triunfo sobre os petrolíferos aumentou a confiança e motivação do colectivo."Depois da vitória diante do Petro, a equipa está motivada para enfrentar o jogo frente ao Sagrada Esperança que jogar em casa, mas estamos preparados para ganhar o desafio", disse.Os militares reconhecem ter de transpor barreiras impostas pelo adversário, para alcançar o seu objectivo, mas isso não faz Makiavala perder o foco principal.

"Sabemos das dificuldades que vamos enfrentar, mas nós queremos vencer para terminarmos a primeira volta com uma vantagem mais confortável em relação ao segundo classificado", considerou.Apesar de pouco utilizado na primeira volta do campeonato, o avançado militar entende que existe uma grande concorrência e mostra-se concentrado no que tem de fazer para ser opção.

"Não tenho feito muitos jogos, mas procuro trabalhar bem para merecer a confiança da equipa técnica, porque temos um grupo de mais de 20 jogadores e existe uma grande concorrência no plantel", analisou.Os fiéis adeptos agostinos não foram esquecidos por Makiavala, que considera serem muito importantes no apoio que prestam à equipa, seja em que Estádio for, do país. "Vamos jogar fora de casa, mas contamos com o apoio dos nossos adeptos, sabemos que o 1º de Agosto tem adeptos em todas as províncias e praticamente jogamos em casa, em todos os campos, por isso, vamos aproveitar este factor para ganharmos o jogo", finalizou.                                   JN

ARBITRAGEM
Benjamim Andrade
apita duelo no Dundo    


O Conselho Central de Árbitros da Federação Angolana de Futebol (CCAFAF), presidido por Muluta Prata, nomeou um trio da província de Benguela, chefiado por Benjamim Andrade, para dirigir o jogo desta tarde, às 15h00, na cidade do Dundo, entre as equipas do Sagrada Esperança da Lunda Norte e do 1º de Agosto, de acerto para a oitava jornada do Girabola Zap 2016.

Benjamim Andrade tem como primeiro assistente Bernabé Ngulo e Judith Mestre como segunda assistente, para acompanharem as incidências do jogo que encerra a primeira volta do Campeonato Nacional de Futebol da  Primeira Divisão.O elenco encabeçado por Muluta Prata indigitou como comissário ao jogo Ernesto Lotina, antigo árbitro do Conselho Provincial de Futebol da Lunda Norte.

O jogo entre as formações do Sagrada Esperança da Lunda Norte e do 1º de Agosto não se disputou na data marcada, em virtude do engajamento dos diamantíferos nas eliminatórias de acesso à fase de grupos da Taça da Confederação. Dos jogos já disputados, referentes à referida jornada, verificaram-se os seguintes resultados:Clube Desportivo da Huíla - Petro de Luanda (0-0), 1º de Maio de Benguela - Atlético Sport Aviação (2-1), Kabuscorp - Interclube (0-1), Porcelana FC do Cazengo - Benfica de Luanda (0-2), Recreativo do Libolo - 4 de Abril do Cuando Cubango (2-2), Recreativo da Caála - Académica do Lobito (1-0), Progresso da Lunda Sul - Progresso Sambizanga (0-0).