Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

1 de Agosto prepara recepo ao Zamalek

Jorge Neto - 30 de Janeiro, 2020

Fotografia: Edies Novembro

Afastado da possibilidade de chegar aos quartos -de -final da Liga dos Clubes Campeões Africanos, a equipa do 1º de Agosto joga, pela honra, na recepção à formação do Zamalek do Egipto, sábado, às 14h00, no Estádio 11 de Novembro, desafio pontuável para a sexta e última jornada do grupo A.
A equipa retoma hoje a preparação, para a recepção aos egípcios, com a integração dos jogadores que estiveram envolvidos no jogo de ontem, que farão uma sessão de recuperação física, por alguns minutos, sendo que àqueles que não se deslocaram a Lunda - Sul vão cumprir o plano de treinos completo traçado pela equipa técnica. 
Os militares ocupam a quarta e última posição da tabela de classificação do seu grupo, com três pontos, os mesmos que o Zesco United da Zâmbia e recepcionam o segundo colocado da série e já apurado, com oito pontos, atrás do líder isolado TP Mazembe do Congo Democrático, igualmente, com a passagem garantida de forma antecipada.
Depois da eliminação na jornada anterior, devido ao empate a um golo com os zambianos, os pupilos do bósnio Dragan Jovic sabem que nada têm a perder na recepção aos egípcios, daí, apostarem na vitória, para fugir a última posição do grupo e possivelmente, devolver a derrota averbada nas terras do Faraó, por 2-0.
Tendo em conta o desafio, a equipa técnica agostina descansou os jogadores habituais titulares no jogo de ontem, dos oitavos -de -final da Taça de Angola, frente à formação do Juventude do Saurimo, no Estádio das Mangueirinhas. 
Os tetra -campeões nacionais vão ter o desfalque do médio camaronês Atouba, que recupera de uma mazela e do extremo Zito Luvumbo, que tem o regresso previsto para daqui a cinco semanas, depois da nova lesão contraída na recepção ao Progresso do Sambizanga, desafio referente à 16ª jornada do Girabola Zap.
A participação dos militares, na 24ª edição da Liga dos Clubes Campeões Africanos, é considerada negativa, em função do objectivo traçado pela direcção do clube, que era de atingir, pelo menos, os quartos -de -finais, depois do brilharete feito em 2018, em que foi eliminado nas meias-finais, de forma polémica, pela formação do Esperance de Túnis, Tunísia. 
Os avançados Mabululu e Ary Papel são os únicos marcadores dos rubro - negros na Champions, com três e um golo, respectivamente.