Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

1 de Agosto prepara recepo ao Libolo

Jorge Neto - 28 de Setembro, 2017

1 de Agosto e o Recreativo do Libolo centralizam ateno

Fotografia: Jos Cola | Edies Novembro

Depois de conquistar o passe para os quartos-de-final da Taça de Angola a equipa do 1º de Agosto pensa no desafio do próximo domingo às 17h30, no Estádio 11 de Novembro, diante do Recreativo do Libolo, referente à 26ª jornada do Girabola Zap.
Motivados com a goleada, de 4-0 aplicada a formação da Académica do Lobito os militares dão mostras de melhorias na finalização, aspecto em que claudicaram nos últimos cinco desafios do campeonato nacional, onde marcaram apenas quatro golos.
Dragan Jovic e pupilos têm as suas atenções viradas para a recepção aos libolenses, desafio importante na corrida para o título nesta recta final do Girabola Zap, onde estão proibidos de perder pontos, sob pena de aumentar a desvantagem em relação ao líder e arqui-rival, Petro de Luanda.O médio Buá pode estar de regresso depois de falhar os dois jogos da Taça de Angola, por ressentir-se de uma lesão no desafio diante do Progresso do Sambizanga, em desafio referente a 25ª jornada. Os agostinos precisam que os seus jogadores mais influentes estejam em boas condições físicas e desportivas para abordar o que resta do campeonato nacional.
Outro regresso aguardado é do defesa-central e capitão de equipa, Dany Massunguna, desfalcou em dois desafios, devido ao falecimento do pai. O jogador consta das opções Apesar do mau momento que os libolenses atravessam na Girabola Zap e da eliminação na Taça de Angola os militares não se fiam nisso, e preparam com todas as cautelas a recepção. Na primeira volta empataram 2-2, com golos de Rambé e Vado.


COMPETIÇÕES
Geraldo marca em todas as partidas


 O extremo do 1º de Agosto está a realizar a sua melhor época ao serviço do conjunto militar, desde a sua contratação no ano passado. Geraldo marcou nas quatro competições em que o os rubro e negros disputa(ra)m, sendo o único jogador no plantel a conseguir tal feito.
O camisola 11 deixou a sua marca na Supertaça (1 golo), na eliminatória de acesso à fase de grupos da Liga dos Clubes Campeões Africanos (1), Girabola Zap (6) e na Taça de Angola (3), totalizando 11 tentos.
Nesta aspecto, Geraldo ganha na corrida o seu colega de equipa o cabo-verdiano Rambé, que marcou apenas em duas competições, Girabola Zap e Taça de Angola.
O avançado não fez a pré-época e falhou as outras duas provas. No computo geral totaliza 11 finalizações no campeonato nacional e uma na segunda maior competição futebolística do país.
Depois da derrota em casa por 1-3, os militares tinham como único objectivo ganhar por pelo menos três golos sem consentir nenhum. Nisso, Geraldo desempenhou um papel fundamental após ter marcado no desafio da primeira volta.
No jogo de resposta bisou e contribuiu de forma visível para a passagem aos quartos-de-final da Taça de Angola, diante da Académica do Lobito, no estádio do Buraco, um recinto tradicionalmente difícil para os agostinos.
O extremo entrou apenas no segundo tempo e voltou a mudar o jogo ofensivo dos rubro e negros, como de resto, tem sido norma nesta época. Quando está em campo a equipa ganha mais espaços no ataque e encontra caminhos para chegar à baliza adversária.
Infelizmente para o 1º de Agosto Geraldo tem atravessado uma época envolvida em constantes lesões, que têm impedido o influente jogador a contribuir mais para a sua equipa nos jogos em que encontra maiores dificuldades para finalizar as jogadas.
Além de marcar o camisola 11 coloca-se também na condição de "garçon", pois serve aos seus colegas, quando se encontra numa posição menos privilegiada para dar o último toque. 
Quando faltam cinco jornadas para o final do campeonato nacional a equipa técnica liderada pelo bósnio Dragan Jovic espera que Geraldo não caia novamente em nenhuma lesão e termina a época dando o seu melhor para ajudar os agostinos a revalidar o título de campeão nacional ou mesmo fazer a "dobradinha" adicionando a Taça de Angola.

GIRABOLA ZAP
1º de Agosto - Libolo no jogo de destaque


O 1º de Agosto e o Recreativo do Libolo centralizam domingo, às 17h00, em Luanda, as atenções da 26ª jornada do Campeonato Nacional de futebol da primeira divisão (Girabola 2017), que se disputa no Estádio 11 de Novembro
Após um curto interregno para os oitavos-de-final da Taça de Angola, o desafio, que se prevê bastante competitivo, vai opor o segundo ao quinto classificados da prova, com 55 e 42 pontos. 
Com ligeiro favoritismo aos campeões nacionais (1º de Agosto), mas o detentor da Taça de Angola (Libolo) procurará surpreender o adversário no seu próprio reduto, depois de um empate (2-2) em Calulo, na 11ª ronda.
As duas formações provêm de resultados diferentes. Os “militares” tiveram um nulo com o Progresso Sambizanga, enquanto que os libolenses triunfaram (1-0) sobre o Recreativo da Caála.
Assim, os comandados dos treinadores Dragan Jovic e o suspenso Pedro Caravela deverão empenhar-se ao máximo e pôr em prática as soluções tácticas e competitivas, na tentativa de conseguirem amealhar os três pontos da contenda e melhorar a classificação, quando restam cinco jogos do fim do Girabola2017.       
No outro embate de candidatos, o líder Petro de Luanda (1ª/56 pontos) visita, às 15h00, o Desportivo da Huíla (10º/31), no campo do Ferrovia, na cidade do Lubango. Os petrolíferos venceram na primeira volta por 1-0.   
Para sábado, o Sagrada Esperança da Lunda Norte enfrenta o 1º de Maio de Benguela, o Kabuscorp do Palanca joga com o ASA , às 17h00, nos Coqueiros, Bravos do Maquis do Moxico defronta a Santa Rita do Uíge e JGM do Huambo recebe o Progresso da Lunda Sul.
No prosseguimento da jornada, ainda no domingo, o Recreativo da Caála do Huambo joga com o Interclube e Académica do Lobito ao Progresso Sambizanga, este último, às 15h00, no campo do Buraco.