Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

1 de Maio arregaa as mangas para receber Lundas

26 de Maio, 2016

Conjunto benguelense com apenas onze pontos est numa posio aflita onde tem de sair para afastar o espectro da despromoo

Fotografia: Santos Pedro

O 1º de Maio de Benguela prepara de forma afincada o desafio com o Progresso da Lunda Sul a contar para a 14ª jornada do GirabolaZap2016, que acontece no domingo às 15h30', no Estádio municipal Edelfride Palhares da Costa "Miau".

Aguardada com algum interesse pelos benguelenses, a contenda assinala a estreia de Nzuzi André na liderança da comissão técnica da formação proletária, em substituição do professor Nfinda Mozer, demitido por alegada fraco rendimento da equipa, na prova.

Na óptica dos responsáveis do 1º de Maio de Benguela, a equipa perdeu cinco pontos nas duas últimas jornadas diante de equipas do seu compeonato: empate a zero com o FC 4 de Abril do Cuando Cubango e derrota por 1-3, na deslocação ao Buraco frente à Académica do Lobito, que acabou por defraudar as expectativas que se depositava nos dois jogos que podia produzir quatro pontos, que serviam para recuperar os pontos perdidos nas jornadas anteriores.

Ao não conseguir tal feito, a direcção do Estrela Clube 1º de Maio de Benguela  rompeu com a equipa técnica e, para o seu lugar constituiu uma comissão gestão coordenada por Nzuzi André, que acumula o cargo com o de director técnico para o futebol sénior do clube, na esperança de que os resultados positivos surjam com a naturalidade que dela se espera.

O presidente proletário, Wilson Fernando Faria, fez alusão a isto mesmo, quando abordado pela imprensa para justificar as verdadeiras motivações que estiveram na base do afastamento de Nfinda Mozer e seus colaboradores da equipa técnica.

No entender de Wilson Faria, a equipa estava a caminhar para o abismo, numa altura em que  a direcção criou as condições necessárias para o técnico trabalhar sem sobressaltos. O presidente proletário, Wilson Fernando Faria, em relação à mudança de treinadores, sublinhou que "foi uma decisão pensada e ponderada, não tivemos alternativa, diante da situação deplorante em que estávamos a caminhar, apesar de  criadas as condições essenciais para a motivação do grupo, no campo as coisas corriam mal".

O dirigente recorda que "já estivemos bem posicionados na tabela classificativa, mas com o decorrer da competição, a equipa deixou de carburar e com risco de atingir à última posição. Por isso, tivemos mexer no comando técnico", explicou.

CLASSIFICAÇÂO
Presidente do 1º de Maio pressagia melhoria


O presidente proletário faz votos que a mudança surta o efeito desejado e que o 1º de Maio "dê a alegria à sua massa apoiante". Sem fazer referência aos atrasos dos meses passados, o dirigente do Estrela 1º de Maio de Benguela garantiu que a direcção tem  honrado os compromissos contratuais e salariais com todos os funcionários do clube, incluindo os membros da equipa técnica e jogadores, pelo que não faz sentido assistir o definhar-se da equipa, de forma impávida e serena.

"Felizmente, este anos não devemos nada a ninguém. A equipa precisava de maior dinâmica e determinação em campo. Foi isto que faltou nos últimos jogos. Por isso, tivemos de intervir, como apostar numa outra pessoa que conhece a estrutura do plantel e que pode melhorar, aí onde julgar necessário, se quiser sair do buraco em que se meteu ", precisou o jovem bancário, Wilson Faria, para quem o desafio contra o Progresso da Lunda-sul é para ganhar.

O Jornal dos Desportos sabe que o técnico Nzuzi André conta com o suporte do professor Pedro Santos que coordenou a formação jovem do clube. Uma aposta desde já enaltecida por muitos que acreditam estar-se diante de uma dupla, à altura para as encomendas. Todavia, as dúvidas serão desvendadas no domingo a partir da 15h30', quando defrontar o Progresso da Lunda-sul, no Estádio municipal Edelfride Palhares da Costa "Miau", que espera albergar muita gente.
JG - Benguela

GIRABAIRRO NO BIE
Flaminguinho e Real
travam forte duelo


A quinta jornada da edição de 2016 do Girabairro do Bié abre neste sábado, 28 de Maio, com o duelo que vai opor a partir das 14H00’ no campo do Vitória, no Cuito, as formações do Flaminguinho FC ao Real FC do Andulo.

O Flaminguinho do Cuito, motivado pela vitória obtida na ronda anterior frente ao líder Leões do Cunhinga, no reduto deste, vai tentar explorar ao máxima o factor-casa para somar mais três pontos e assim alcançar a terceira  posição, ainda que à condição.

Nesse momento, no quinto posto da tabela de classificação com quatro, a turma flaminguista, enfrenta um Real do Andulo, terceiro colocado com sete, e que vem motivado pela vitória conseguida no sábado diante dos Amigos do COFA de Catabola. A julgar pela diferença pontual que separa os dois conjuntos e a motivação que carregam aos ombros os seus jogadores antevê-se um duelo renhido e onde a balança pode tender para o equilíbrio.

Domingo, dia 29, no prosseguimento da jornada há a destacar o jogo entre as equipas do Vitória Atlético e os Leões FC do Cunhinga, agendado para o campo do Andulo, reduto dos primeiros, às 14H00’. O Vitória de Nharea joga motivado sobretudo pela vitória obtida em casa diante da equipa do Grupo Desportivo de São Paulo.

A formação do Cunhinga, por seu turno, que viu o seu percursso de três vitórias consecutivas a ser interrompido pelo Flaminguinho do Cuito, vai tentar redimir-se do desaire e estorvar os intentos do seu adversário. A ronda cinco deste maior torneio de futebol de bairros do país, que tem também o cognome de “Taça do Presidente” e que o Cuito acolhe desde 30 de Abril, inscreve ainda outros dois jogos, igualmente marcados para domingo.

Trata-se do Grupo Desportivo São Paulo do Cuito – Enimba FC do Kuito e Diabos Vermelho de Camacupa – Amigos do COFA de Catabola.
O Costa do Sol, que deveria defrontar neste sábado, no município de Chitembo, o FC Comandante Bula local, folga face à desistência deste da prova.
SÉRGIO V. DIAS, NO CUITO

QUARTA JORNADA
Líder averba
primeira derrota


 A jornada quatro do torneio de futebol de bairros registou a surpreendente derrota do líder Leões FC do Cunhinga, que mesmo actuando em casa não teve arte nem engenho para evitar o primeiro dissabor na prova, caindo aos pés do Flaminguinho do Cuito. Não obstante a derrota caseira de 1-2, a turma do Cunhinga, mantém-se na liderança.

Noutros jogos da quarta jornada, disputada nos dias 21 e 22 de Maio, registaram os resultados Real FC do Andulo (2) – Amigos do COFA de Catabola (1), Costa do Sol do Bié (2) – Diambos Vermelhos de Camacupa (2) e Vitória Atlético de NHarea (2) – Grupo Desportivo de São Paulo do Cuito (0).Na ronda folgou por imperativos de calendário o Enimba FC do Cuito.
SVD